Galeria por Márcia Travessoni
20 set 2018

Márcia Travessoni dá detalhes de sua experiência gastronômica no 114 Faubourg, restaurante do Le Bristol Hotel, em Paris

Localizado no maior centro de moda, design e arte de Paris, o Le Bristol Hotel é cheio de encantos. Carimbado com cinco estrelas, o hotel inaugurado em 1925 é famoso no mundo inteiro pela arquitetura histórica e seu interior, um refúgio de puro luxo. Pertencente à Oetker Collection, conglomerado de empresas comandado pelo industrial Rudolf August Oetker, o empreendimento foi a escolha de nossa publisher Márcia Travessoni para almoçar no sofisticado restaurante 114 Faubourg.

Foto: Reprodução/Instagram

O 114 Faubourg ganhou uma estrela Michelin em 2013. Com sua extraordinária gastronomia assinada pelo chef Eric Frechon, o restaurante está localizado em um espaço elegante, de dois andares e uma cozinha de plano aberto. Lá, nossa publisher saboreou o menu, cheio de receitas de dar água na boca.

Com o chef de cozinha Jean-Charles Cauquil

Primeiro, veio a degustação de uma deliciosa taça do Chablis Premier Cru, vinho francês da região da Borgonha. Depois, foi a hora de provar a entrada, uma especialidade da casa, a sopa de alcachofra. Entre a entrada e o prato principal, Márcia experimentou o Sancierre, outro vinho do país, só que da região de Val de Loire. A refeição mais aguardada foi um Linguado, acompanhado de pequenas porções de purê de batata, azeite de oliva e espinafre. Para harmonizar, uma taça de Domaine Guillot-Broux “La Miotte”. Para sobremesa, tartlet de morango silvestre com sorvete de iogurte e raspas de limão.

Deliciosa sopa de alcachofra

Mais sobre o Le Bristol Paris
Conhecido pelo excelente atendimento, o Le Bristol possui, além de quartos com vista privilegiada para a Torre Eiffel, o requintado Spa Le Bristol por La Prairie e uma impressionante piscina no terraço, onde se pode admirar a paisagem panorâmica da capital francesa.

Destaque também para o incrível e charmoso jardim à la française, um verdadeiro oásis para relaxar em meio à natureza e à arte. Isso mesmo, arte, pois o ambiente é a casa de três obras excepcionais do escultor inglês Lynn Chadwick – Monitor (1965), Teddy Boy & Girl (1979) e Dancers (1967) – que reproduzem a interação humana em sua forma mais abstrata.

Foto: Reprodução/Instagram

 

Veja também

2 out 2018 viagens

Fortaleza deve receber cerca de 75 mil turistas no feriadão do dia 12 de outubro

Ver mais
20 set 2018 viagens

Márcia Travessoni dá detalhes de sua experiência gastronômica no 114 Faubourg, restaurante do Le Bristol Hotel, em Paris

Ver mais
18 set 2018 viagens

Na Europa, Márcia Travessoni revela seus lugares preferidos em Amsterdã

Ver mais
18 set 2018 viagens

Voos do grupo Air France-KLM atingem taxa de ocupação de até de 96% em Fortaleza

Ver mais
14 set 2018 viagens

Latam pretende aumentar vendas para a capital cearense

Ver mais
10 set 2018 viagens

Themis Briand leva a família para curtir o litoral paradisíaco de Punta Cana

Ver mais