Unhas decoradas | Fashion ou trashion?

Por Lucas Magno

Vai encarar?

Sim, sim, a gente está na época do decorativismo exacerbado. De fato, Lady Gaga (mesmo com a popularidade fashion um tanto menor) foi mentora do exagero, divulgou o nada óbvio e o quase trash ganhou proporções desconhecidas. Mas na vida real isso é bacana? Pergunta pertinente que segue o povo que escreve sobre moda por todas as mídias. Vai ter gente dizendo que o mundo é livre e que tal pessoa pode se vestir do jeito que desejar. A gente não discorda, mas é do time que curte o velho bom senso.

Nessa onda decorativista, vieram as unhas exageradas, cheias de texturas, cores que fogem do habitual e até um perfume de piriguetismo. Algumas blogueiras vão se sentir ofendidas por gostar, mas o Brasil amou Suellen de Avenida Brasil durante seis meses, não é mesmo? Quem nunca?

A pergunta é: as tais unhas se encaixam no fashion ou no trashion? A gente ainda mantém o foco do bom senso e acha que elas podem ser usadas sim, mas com doses de pé no chão. Nem todo mundo segura unhas a la Lana Del Rey com cristais swarovski e tonalidades neon… É quase um absurdo estético. A dica é sambar na cara do over e ganhar pontos com cores da temporada (candy, holográficas…). Um detalhe ou um degradê também caem super bem no resultado final. E lembrem-se: a unha faz parte do look como um todo.

Por Lucas Magno

+ Fan Page MT

Veja também