Em 1999, as irmãs Lilly e Lana Wachowski entregaram para o mundo do cinema o longa-metragem Matrix. Criando teorias, gerando discussões e apresentando um estilo único, rapidamente o filme virou uma das obras mais importantes da sétima arte e influenciou várias obras que surgiram depois, principalmente no começo dos anos 2000. 

20 anos depois do lançamento do primeiro longa da trilogia, a Warner Bros. Pictures anunciou a produção do quarto filme, que contará com o retorno dos atores Keanu Reeves e Carrie-Anne Moss nos papéis de Neo e Trinity. Lana Wachowski, uma das criadoras da história, irá escrever e dirigir o novo filme. 

Para celebrar este anúncio, a equipe do Site MT separou alguns fatos marcantes sobre a produção, destacando a importância que a obra teve a a cultura pop e para Hollywood.

Efeitos especiais

Uma das cenas mais marcantes do primeiro Matrix é o momento em câmera lenta com o Neo (Keanu Reeves), em que o personagem desvia de tiros. A cena mostra o personagem parado, com uma movimentação de câmera.

O que hoje parece um clichê de filme de ação, na época foi um momento marcante para o cinema. Chamado de “bullet time”, o efeito já existia, mas teve uma grande evolução e popularização com o longa. 

Cenas de luta

Para as cenas de luta, as irmãs Wachowski chamaram o coreógrafo chinês Yuen Woo-Ping, que trabalhou em Lutar ou Morrer, de 1994. O filme foi uma das grandes influências de Matrix.

Os movimentos marcantes inspirados em artes marciais alavancaram a carreira do coreógrafo nos Estados Unidos, que foi chamado para trabalhar em Kill Bill, do Quentin Tarantino e O Tigre e o Dragão, de Ang Lee. Além disso, o filme fez com que aumentasse o interesse de Hollywood e do público por produções com o estilo de luta típico de filmes asiáticos. 

Moda e estilo

Roupas de couro e vinil e óculos escuro. O figurino do longa se tornou uma marca registrada e foi multiplicado em inúmeras outras obras lançadas posteriormente. Influências de anime e cyperpunk criaram uma atmosfera única para Matrix, que encantou Hollywood e fez grande sucesso com o público.

O filme de ação/terror Anjos da Noite, de Len Wiseman, foi um dos que teve grande influência, não apenas no figurino, como também na atmosfera criada na produção, com vampiros vestido com couro e vinil e cenas de lutas bem marcantes.

Além dele, o universo dos super-heróis, que hoje é bastante popular no cinema, também utilizou desta base. X-Men, lançado em 2000, tirou os uniformes coloridos dos personagens da HQ e trouxe um figurino de couro, mais realista e que acabou sendo fundamental para a criação deste fenômeno atual. 

Universo expandido

Outra característica que virou obrigatória para os filmes de super-herói atualmente é o universo expandido. A Marvel popularizou com a criação do seu universo cinematográfico, mas quase dez anos antes do lançamento do primeiro filme dos heróis, as irmãs Wachowski criaram um mundo que vai muito além do primeiro Matrix.

Em 2003, as irmãs lançaram Animatrix, com nove histórias que exploram a história iniciada no primeiro Matrix. Para a produção, elas novamente procuraram influências asiáticas, convidando pessoas que trabalham com animação japonesa para criar o cenário para as continuações. 

Além disso, o universo de Matrix também foi expandido para HQs, com o The Matrix Comics, assim como três jogos de videogame que exploravam os conceitos criados pelas Wachowski.