logo

Mileide Mihaile e família de Wesley Safadão não entram em acordo em audiência nesta terça-feira (24); entenda o que aconteceu

Por Lucas Magno
Mileide Mihaile e família de Wesley Safadão não entram em acordo em audiência nesta terça-feira (24); entenda o que aconteceu

Mileide Mihaile participou de mais uma audiência de conciliação, na manhã desta terça-feira (24), no Fórum de Fortaleza, com seu ex-marido, Wesley Safadão, sua esposa Thyane Dantas e a ex-sogra, Dona Bill.

De acordo com a assessoria da influenciadora digital, tudo ocorreu de maneira pacífica, mas não houve acordo, então o processo segue na Justiça. Mileide ainda reforça que “não existe fundamento nas acusações feitas pela família de Safadão associando o seu nome à criação de perfis falsos na internet“.

“As perseguições ainda acontecem. Esse processo é mais moral do que financeiro, pois fui acusada de ser responsável por ataques na internet e isso é mentira. Além disso, não abro mão da reparação dos custos gerados após as afirmações caluniosas e difamatórias contra mim. Eu apenas movi o processo porque fui alvo de acusações criminosas por parte deles”, explicou ela.

Ainda segundo a nota da assessoria, “Mileide está em paz com suas ações e com a maneira com a qual conduz sua vida pessoal e profissional e esclarece que sempre que comparece às audiências tem a intenção de firmar acordo justo e colocar fim em qualquer embate entre as famílias e apenas seguir a sua vida em paz com o filho, Yhudy”.

Três pedidos

Wesley Safadão também se posicionou sobre a audiência em nota enviada ao site através de sua assessoria de imprensa. Segundo o artista, ao saberem que Mileide tinha intenção de fazer um acordo, a família foi disposta a se conciliar. No entanto, os termos propostos pela influenciadora não foram possíveis de serem atendidos, segundo o cearense.

“Ela fez três pedidos. O primeiro era que um não falasse mais do outro. Isso é tudo o que mais queremos, viver em paz”, explicou.

“O segundo ponto não tivemos como atender, pois ela pede que a gente faça uma nota pública afirmando que ela não chefiou ou incentivou grupos de perfis fakes a atacarem minha família nas redes sociais, e isso não podemos fazer, pois existe uma investigação na Justiça sobre isso e só a Justiça vai poder afirmar se ela tem ou não os perfis fakes. O terceiro ponto era que nós pagássemos os advogados dela, o que também não achamos correto, pois ela que entrou contra a gente na Justiça, então cada um deve pagar o seu”, completou o artista.

Veja também