Sandy & Júnior em Fortaleza teve Júnior emocionado, coro de “Evidências” e muita nostalgia. Foram duas horas de show com um repertório cheio de clássicos. No Centro de Eventos do Ceará, a turnê “Nossa História” reuniu grupos fanáticos na expectativa pelo “retorno” da dupla.

Como nas apresentações em Recife e Salvador, eles começaram o show com “Não dá pra não pensar”, levando o público à loucura.

Um dos pontos altos foi quando a plateia gritou “Júnior, eu te amo” e o músico não segurou a emoção. Foi o irmão, aliás, que brilhou durante a apresentação, com performances sozinho, solo de bateria e muita coreografia ensaiada com Sandy.

Na metade do show, os irmãos tiveram um problema no som e acabaram ficando com os microfones mudos. A galera puxou um coro emocionante de “Evidências”, animando os cantores no palco, e, em seguida, “Maria Chiquinha”. No final, Júnior criticou a letra da canção e reforçou que “não estamos mais nos anos 90” e que “Maria Chiquinha pode fazer o que ela quiser”.

>> LEIA TAMBÉM: Exposição em Fortaleza celebra carreira de Sandy & Júnior

A família de Sandy & Júnior esteve presente no evento. Em uma estrutura montada na área do Frontstage, Mônica Benini, esposa de Júnior, Noely, mãe da dupla, e Lucas Lima, marido de Sandy, dividiam o espaço com a equipe técnica enquanto acompanhavam o show.

Música tema de seriado

Outro momento que merece destaque aconteceu antes de “Eu acho que pirei”, que foi a música tema do seriado Sandy & Júnior na Globo. O telão do palco mostrou um grupo no WhatsApp que reúne os personagens do programa que fez bastante sucesso na TV aberta, com participações especiais de Fê Paes Leme e Paulinho Vilhena.

O show terminou com uma sequência que animou os fãs: “Quando você passa”, “Desperdiçou” e “Vamo pulá”.

A expectativa de todos é que, antes da turnê terminar, Sandy & Júnior anunciem um show final no Maracanã, no Rio de Janeiro, e, claro, um DVD que registre o tão esperado retorno, após 12 anos.

Veja fotos de Alex Campêlo: