A arte permeia a humanidade em múltiplas perfomances: na música, nas galerias de arte, no cinema… Nesta segunda (12), data em que se comemora o Dia Nacional das Artes, o site MT Galeria faz uma seleção de sete produções audiovisuais sobre o tema.

Vem ver:

Com amor, Van Gogh

Considerado o primeiro filme completamente pintado, “Com amor, Van Gogh” mobilizou uma equipe de 115 pintores para a criação de 65 mil quadros. O enredo se passa no ano de 1891 e acompanha o personagem Armand Roulin em uma jornada para entregar uma correspondência enviada por Van Gogh ao irmão Theo, que jamais chegou ao seu destino. Incentivado pelo pai, Armand viaja até a cidade francesa de Arles, onde investiga a morte de Van Gogh com a ajuda de amigos do pintor.

Arte ou fake?

Com apenas 4 episódios, a quarta temporada da série documental acompanha o expert em arte Philip Mould e a jornalista Fiona Bruce em uma investigação para descobrir se obras de artistas como Renoir e L. S. Lowry são autênticas ou apenas falsificações muito bem feitas.

The First Monday in May

O documentário aborda os bastidores da organização de uma das exibições mais disputadas pelo público no Metropolitan Museum of Art (MET), em Nova York. A exposição “China: Through The Looking Glass” foi inaugurada durante o Met Gala 2016, considerado o principal evento mundial do mundo da moda.

Big Eyes

O drama, estrelado por Amy Adams, conta a história real da artista Margaret Keane, uma das artistas mais prestigiadas nos anos 1950, graças aos seus retratos de crianças com olhos grandes. O filme retrata a disputa de Margaret contra o marido no tribunal, já que Walter Keane dizia ser o verdadeiro autor de suas obras.

Paris is Burning

Premiado em Sundance, o filme-documentário americano dirigido e escrito por Jennie Livingston foi gravado em diferentes momentos da década de 1980, e retrata os desafios de sobrevivência e luta contra a violência da comunidade drag no Harlem.

Iris

Formada em design de interiores, Iris Apfel ficou mais conhecida pelo gosto excêntrico por tecidos e acessórios. Hoje, no auge dos seus mais de 90 anos, Iris é ícone de moda pelo seu estilo, personalidade e vanguardismo artístico. O documentário acompanha o dia a dia de Iris e suas peregrinações em busca de pechinchas.

Frida

O longa-metragem retrata as facetas de Frida na vida artística e pessoal pela ótica de sua relação com o marido e artista Diego Rivera e de sua peculiar reputação política e sexual. Uma clássico dirigido por Julie Taymor.

>> LEIA TAMBÉM: Cinco documentários da Netflix para quem ama viajar

Foto: Reprodução