Celebrado em 18 de abril, o Dia do Amigo é uma homenagem a todos os que acreditam na felicidade como um ganho coletivo. Com os amigos, somos mais fortes, e é no ombro deles que encontramos consolo nos momentos mais difíceis. Pensando nisso, o Site MT convidou personalidades cearenses para compartilhar a importância dos amigos em suas vidas.

Amizade que é da família

“A criação do nosso grupo não foi nada programada”, é assim que Marcella Camurça começa a contar a história das Top’s, grupo de amigas formado por ela com Vivi Almada, Vanessa Queirós, Isabele Temoteo, Carol Yamazaki e Mariana Pimenta.

Marcella, Vanessa e Vivi – amizade desde crianças

Foi através da amizade de Marcella com as irmãs Vivi e Vanessa que o grupo se formou, há mais de 30 anos. Ao longo do tempo, Carol, Isabele e Mariana se juntaram ao trio. Desde então, viraram inseparáveis.

E claro, nada como uma viagem para unir ainda mais os laços! Vivi resume bem esse momento: “É uma confusão, uma comédia”. Na última viagem, em 2017, para Miami, elas fizeram de tudo: andar de bike e lancha, fazer compras e conhecer diversos restaurantes, além de colocar o papo em dia.

“A melhor viagem foi a de 2017 porque nossos laços se estreitaram profundamente e vimos que ali estavam pessoas que definitivamente torciam umas pelas outras”, opina Marcella. “É um período de amadurecimento bem importante”, diz Mariana sobre as viagens.

Para Vanessa, a amizade das Top’s é “uma troca de muita cumplicidade, amor, amizade, sinceridade e respeito. A gente se completa”. O sentimento é o mesmo para Carol. “Elas são a extensão da minha família”, define. “Uma luta pela outra, uma ajuda a outra, e isso é a importância da amizade”, resume Isabele.

Amizade que marca novos começos

Depois de anos morando em São Paulo, Clarissa Jereissati se lançou no desafio de vir morar em Fortaleza para trabalhar no marketing da Água de Coco. Na capital cearense, conheceu amigos que deram um novo significado à sua vida: Marina Bitu, Gabriel Baquit, Auxi Silveira, Val Paixão e Davi Sombra. “São novos olhares que se abrem, novos pontos de vista e todo mundo no grupo pode lançar o seu pro debate. Aprendi e aprendo muito com essas pessoas todos os dias”, aponta.

O grupo adora se reunir para as chamadas “vinharadas” ao redor de uma mesa, onde conversam sobre as coisas mais aleatórias – e se divertem.

Registro da viagens para Atins

Clarissa ainda conta que quando o assunto são viagens, os amigos adoram se desafiar. Em 2018, parte do grupo passou alguns dias em Atins, nos lençóis maranhenses. “A ideia era se desconectar num vilarejo de ruas de areia, sem sinal de internet e telefone. Foi 1 hora de avião, 4h de estrada e mais 1h de barco até conseguirmos chegar lá. Para alguns, tamanho deslocamento não tinha valido a pena, mas ao fim da viagem tínhamos todos a mesma certeza: as companhias tinham sido maravilhosas. Voltamos cheios de histórias que seguimos contando até hoje, como se tivesse acontecido ontem”, detalha.

Amizade a todo momento

Para Martinha Assunção, integrante do grupo de amigas DIVAS, a amizade começou na infância, quando 10 amigas se reuniam nos aniversários e datas comemorativas. “Com o passar dos anos, agregamos outras amigas e hoje somos no total de 25 Divas”, revela.

Confraternização das DIVAS + convidadas em 2017

Segundo ela, as histórias vivenciadas com os amigos são uma das coisas mais importantes e preciosas em sua vida. “Estamos sempre unidas nos bons momentos e mais ainda nos momentos difíceis. Confiança, lealdade, compromisso, amizade, carinho e atenção são nossas maiores características…”, diz.D

+ LEIA TAMBÉM: Márcia Travessoni apresenta novo projeto beneficente em encontro com grupo de amigas Anjas; conheça