Em 2014, Fernanda Gentil recebeu o apelido de musa da Copa do Mundo. Este ano, se prepara para cobrir o terceiro Mundial de sua carreira como jornalista. Além de apresentar o “Esporte Espetacular“, ela será âncora da manhã, ao lado de Alex Escobar.

Ao jornal “O Globo”, Fernanda contou em entrevista que sua preparação para passar 42 dias longe de casa está intensa. Além de um caderno para anotar informações sobre os times e jogadores, a jornalista precisa organizar a rotina dos dois filhos, Lucas, 10 anos, e Gabriel, 2. Os meninos vão ficar com seus respectivos pais durante o período e, nos últimos 10 dias do Mundial, ao lado de Priscila Montandon, namorada de Fernanda, e de sua mãe, viajarão para a Rússia.

“Na redação, temos muitas redatoras, produtoras, editoras e chefes. E no vídeo a nossa atuação só aumenta. Se nós, mulheres, chegamos até aqui, é porque temos capacidade. E a Copa da Rússia coroa tudo isso”.

Fotos: Reprodução/Instagram

A jornalista ainda falou sobre os assédios moral e sexual que suas companheiras de trabalho sofrem. “São situações que acontecem principalmente com repórteres de campo. A menina atravessa o campo para falar com um jogador. Se o time está perdendo, ela é xingada pelos torcedores; quando ela volta, caso o time esteja ganhando, a torcida grita ‘gostosa’. O movimento #deixaelatrabalhar é uma resposta de nível a esse tipo de comportamento, mostrando que estamos e vamos continuar aqui. E que seremos cada vez mais”.

A namorada, os dois filhos e a mãe de Fernanda a acompanham na Copa nos 10 últimos dias do Mundial Foto: Reprodução/Instagram

Morando com a namorada no Rio de Janeiro, Fernanda ainda falou sobre o dia que divulgou que estava namorando uma mulher, após cinco anos casada como empresário Matheus Braga.

“Foi especial, recebi de volta muito carinho e otimismo em relação à nova era que estamos vivendo. Todo mundo um dia na vida tem que ter coragem de bater no peito e chamar a responsabilidade para si. O Lucas virou-se para mim e disse: “Beleza. Posso ir para a escola agora?” Já meus pais não bateram palmas, precisaram de um tempo para assimilar”.

Apesar do título de musa, Fernanda é adepta da beleza natural, já que não tem muita paciência para assuntos relacionados a moda e afins. “A primeira vez em que Priscila foi à minha casa, ela perguntou onde eu guardava o secador de cabelo. No que eu respondi: “Que secador?”. Só depois desse episódio que eu passei a ter um. No dia a dia, gosto de usar jeans, camiseta básica e tênis. Utilizo maquiagem apenas para trabalhar e odeio prova de roupa”.