Na última quarta (12), a Apple apresentou a nova geração de iPhones da marca, durante evento no Steve Jobs Theater, em Cupertino, na Califórnia. Nomeados iPhone Xs, iPhone Xs Max e iPhone XR, os modelos vieram para substituir o iPhone 8, iPhone X e o iPhone 8 Plus.

Nos Estados Unidos, o iPhone XR será comercializado a partir de 26 de outubro, por US$ 749. Os iPhone Xs e Xs Max serão vendidos por US$ 999 e US$ 1099, respectivamente, a partir de 21 de outubro.

Características
À prova d’água
e com tela mais resistente (5, 8 polegadas e 2,7 milhões de pixels), o iPhone Xs estará disponível nas cores cinza, prata e dourado.

Também resistente à água, o iPhone XS Max terá a maior tela da Apple, com 6,5 polegadas e 3,3 milhões de pixels.

Um ponto em comum entre os dois é um som stereo mais potente e o touch screen mais sensível, além de uma capacidade de armazenamento de até 512 GB. Uma curiosidade é que agora os iPhones terão dois chips pela primeira vez, um físico e outro virtual.

O novo processador, a12 bionic, promete deixar o celular até 30% mais rápido. Os aparelhos terão duas câmeras traseiras de 12 megapixels e uma câmera frontal de 7,2 megapixels.

Já o iPhone XR é mais simples. Com 6,1 polegadas, display de LCD e feito de alumínio, o smartphone será disponibilizado nas cores azul, branca, preta, amarela e vermelha. As demais características acompanham as novidades dos outros modelos.

Confira a apresentação em vídeo:

 

Apple Watch
Durante o evento, o chefe de operações da Apple, Jeff Williams, fez uma apresentação do novo Apple Watch, Series 4, que agora será capaz de detectar batidas irregulares no coração e realizar eletrocardiograma. A partir de um sensor de queda, o dispositivo será capaz até mesmo de acionar a emergência caso o usuário não responda à queda.

O Series 4 também terá telas 32% e 35% maiores e auto-falantes 50% mais potentes.

Fotos: Stephen Lam/Reuters