Fazer arte no Brasil pode ter seus contratempos, mas devido a muito talento e trabalho duro, temos ainda o privilégio de aclamar alguns artistas que revolucionam o cenário cultural brasileiro. Assim é o caso de OSGEMEOS, a dupla composta por Gustavo e Otávio Pandolfo, que enchem as ruas e as galerias com as cores e ilustrações dos seus grafites reconhecidos mundialmente.

Os irmãos, contudo, sempre tiveram sede de inovar e tornar seu trabalho mais próximo do público. Foi quando pensaram no fato de que as pessoas precisavam pegar trens para conferir os grafites que eles decidiram: vamos levar a arte até elas! E assim nasceu o projeto Whole Train, ainda em 2002, no qual os próprios trens recebiam a intervenção artística de OSGEMEOS.

O projeto itinerante, que começou em São Paulo, já passou por Porto Alegre, Rio de Janeiro, Recife, Natal e muitos outros locais. A novidade é que agora ele desembarca em Fortaleza para pintar aproximadamente 40 vagões de 15 trens diferentes na capital, em Sobral e em Juazeiro do Norte. Whole Train é realizado pelos grafiteiros OSGEMEOS em parceria com ISE, e para a criação das artes no Ceará, eles convidaram treze artistas – dez brasileiros e três estrangeiros –, incluindo o coletivo Acidum, da nossa região, para a intervenção, que pretende valorizar o patrimônio público e estreitar a relação da população com o serviço.