logo

Conheça Greta Thunberg: jovem indicada ao Nobel da Paz que discursou na conferência de clima da ONU

Por Lucas Magno
Conheça Greta Thunberg: jovem indicada ao Nobel da Paz que discursou na conferência de clima da ONU

Com 15 anos, Greta Thunberg percebeu que precisa agir. Em uma sexta-feira, ela fugiu da aula e foi até a porta da prédio do parlamento sueco com uma placa: “Greve das escolas pelo clima“. A ação solitária cresceu e começou a chamar atenção em várias partes do mundo, clamando para a necessidade de ações contra as mudanças climáticas. 

Hoje, com 16 anos, Greta acumula um currículo cheio. Já discursou em eventos internacionais como COP24, a Conferência do Clima da ONU e no Fórum Econômico Mundial. Mais recentemente, nesta segunda-feira (23), a jovem sueca viajou para Nova York para discursar na abertura da Cúpula do Clima, da ONU. Mas quem é essa adolescente que vem chamando atenção de todos e atacando grandes nomes da política, como o presidente do Estados Unidos, Donald Trump

Aos oito anos, ela ouviu falar sobre aquecimento global pela primeira vez, durante um filme na escola. Naquele momento, ficou aterrorizada com a falta de ação dos adultos. Sua atitude foi estudar sobre o assunto, entender a crise climática e os problemas que o mundo estava enfrentando. 

Em 2018, começou a protestar, todas as sextas-feiras, na porta do parlamento sueco. Ela clamava por ações do Governo sobre os problemas climáticos do mundo. A ação foi ganhando força e, o que começou como um protesto solitário, só ela e o cartaz, começou a crescer e a atrair outras pessoas. 

Foto: Reprodução/Instagram

Com palavras duras e diretas, atacando constantemente os políticos de vários países, a ativista foi ganhando força na sua causa e conquistando o seu espaço. O protesto virou o “Fridays for Future” e deu origem a uma greve global, que teve a sua terceira edição na última sexta-feira (20), envolvendo diversos países, incluindo o Brasil. 

Reconhecimento

As ações da jovem sueca fizeram com que ela fosse reconhecida por inúmeras entidades. No começo do ano, ela recebeu o Prêmio da Liberdade da Normandia, na França, e foi indicada ao Nobel da Paz, e o resultado será divulgado em outubro. 

Nesta quarta-feira (25), ela conquistou o prêmio Right Livelihood, concedido por uma fundação sueca de mesmo nome e conhecido como “Nobel alternativo“. Greta ganhou o prêmio por “ter inspirado e encarnado as reivindicações políticas a favor de uma ação climática urgente de acordo com os dados científicos”.

Cúpula do Clima na ONU

Na segunda-feira (23), Greta participou da abertura da Cúpula do Clima, na sede da ONU, em Nova York. A jovem discursou para líderes do mundo inteiro e sua fala chamou bastante atenção pelas críticas as ações das pessoas no poder. 

Vocês roubaram meus sonhos e minha infância com suas palavras vazias“, disse Greta, responsabilizando os adultos por não proteger o meio ambiente. “Estamos no início de uma extinção em massa e tudo o que vocês falam gira em torno de dinheiro e um conto de fadas de crescimento econômico eterno. Como ousam?”, completou.

Foto Destaque: TT News Agency/Hanna Franzen

Veja também