Fecomércio/CE lança pesquisa para medir impactos do novo coronavírus no setor

Por Redação
Fecomércio/CE lança pesquisa para medir impactos do novo coronavírus no setor
A instituição definirá estratégias para ajudar a diminuir os abalos ocasionados e oferecer aos empresários ações que possam reduzir a diminuição no consumo.

Por causa da disseminação do novo coronavírus no estado do Ceará, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (Fecomércio/CE) está realizando uma pesquisa online, com empresários da área, para medir os impactos negativos do vírus no setor. Com os dados, a instituição definirá estratégias para ajudar a diminuir os abalos ocasionados e oferecer aos empresários ações que possam reduzir a diminuição no consumo.

De acordo com o presidente da casa, Maurício Filizola, as atuais circunstâncias exigem que a classe empresarial tenha bom senso, e que elas continuem cumprindo o papel, colaborando para manter também as empresas saudáveis.

“Somente com conhecimento poderemos continuar na gestão das nossas empresas, logicamente seguindo as determinações governamentais e respeitando todas as recomendações das autoridades de saúde”, explicou Maurício Filizola.

Para acessar a pesquisa online do Instituto de Pesquisa e Desenvolvimento do Ceará (IPDC), ligado à Fecomércio/CE, basta clicar aqui.

Entenda a diferença: Novo Coronavírus e Covid-19

O novo coronavírus, tecnicamente chamado de Sars-Cov-2, começou a ser registrado no fim de 2019, em Wuhan, na China. O vírus causa a Covid-19, que tem sintomas parecidos aos de uma gripe, mas que são bastante perigosos especialmente para idosos. Em 11 de março, a Organização Mundial de Saúde (OMS) declarou pandemia da Covid-19, o que significa que a doença já está espalhada por diversos continentes. No Brasil, o governo tem adotado medidas como a suspensão de eventos e aulas em escolas e universidades públicas, e diversos eventos privados foram cancelados ou adiados.

Veja também