logo

Parques da Disney em Orlando reabrem com capacidade reduzida

Por Jacqueline Nóbrega
Parques da Disney em Orlando reabrem com capacidade reduzida
O Epcot é um dos parques temáticos da Disney que voltou a funcionar em julho (Foto: Divulgação)

Os parques temáticos do complexo Walt Disney World Resort, em Orlando (EUA), reabriram de forma cautelosa no dia 11 de julho, após quase quatros meses fechados. Os primeiros a voltar a funcionar foram Magic Kingdom e o Disney’s Animal Kingdom. Logo em seguida, no dia 15, o Epcot e o Disney’s Hollywood Studios abriram as portas para o público.

LEIA MAIS >> Castelo da Cinderela na Disney será reformado

Família de Wesley Safadão curte férias em Orlando

Com base nas experiências de Shanghai Disney Resort, Hong Kong Disneyland e Disney Springs, que voltaram a funcionar antes, para o público ter acesso aos parques, a Disney tomou algumas medidas, como limitar e reduzir a capacidade de visitação.

Também é obrigatório o uso de proteção facial para todos os visitantes a partir de 2 anos e funcionários; o distanciamento físico no transporte oferecido pelo Walt Disney World, a exemplo do ônibus, monorail e Disney Skyliner; antes de entrar no parque, todos os visitantes passam por verificação de temperatura; foram adicionadas estações para lavar as mãos e totens automáticos de álcool em gel; e os parques recomendam que os visitantes usem opções de pagamento sem papel moeda e incentiva o uso das MagicBands.

Antes de entrar nos parques, todos os visitantes passam por uma verificação de temperatura (Foto: David Roark)
É obrigatório o uso de proteção facial nos parques temáticos para todos os visitantes a partir de 2 anos de idade e funcionários Disney (Foto: Matt Stroshane)

Os tradicionais encontros com os personagens e experiências e entretenimentos que reúnem um grande número de pessoas, como os shows noturnos, ainda não estão acontecendo. É possível, no entanto, se programar para se encontrar com o Jack Sparrow na área de Adventureland, do Magic Kingdom, ou com a Pocahontas e o Pato Donald no Discovery River, do Disney’s Animal Kingdom.

A companhia ainda reforçou que os funcionários passaram por um treinamento para se preparar para o novo cenário.

My Disney Experience

Para que os parques monitorem a capacidade de visitação, é necessário o uso do sistema de reservas Disney Park Pass. O visitante deve entrar na sua conta do My Disney Experience pelo ComeceSuaExperienciaDisney.com, adicionar os ingressos e, então, visualizar o calendário de datas disponíveis para cada parque temático. Famílias e amigos podem incluir seus ingressos juntos e fazer as reservas para entrada aos parques no mesmo dia.

Placas alertam para o distanciamento social nas tradicionais lojinhas dos parques (Foto: Kent Phillips)

Os restaurantes dos parques temáticos também adotaram medidas de saúde. É recomendado que os visitantes façam os pedidos utilizando o app My Disney Experience para minimizar o contato. Em restaurantes de serviço rápido, os cardápios serão expostos para leitura sem contato. Já nos restaurantes de serviço de mesa, os visitantes podem escanear um QR code
com seus dispositivos móveis para acessar um menu digital.

Atrações

A maioria das atrações estão de volta junto com a reabertura dos parques. Destaque para a novidade, inaugurada em março de 2020, Mickey & Minnie’s Runaway Railway, no Disney’s Hollywood Studios, a primeira atração dedicada ao Mickey.

Veja também