O mês de outubro é dela. A atriz Fernanda Montenegro será reverenciada pelos seus 90 anos, celebrados no próximo dia 16 de outubro. A Rede Globo preparou uma série de homenagens para a veterana. Na sexta-feira (11) ela participa do ‘Encontro com Fátima Bernardes’, no mesmo dia, à noite, terá sua trajetória contada no Globo Repórter, apresentado por Gloria Maria e Sandra Annenberg. Já na segunda-feira (14), a Tela Quente exibe o filme “Central do Brasil”, uma cópia remasterizada do longa que lhe rendeu uma indicação ao Oscar de melhor atriz.

Central do Brasil ganhará exibição especial em horário nobre

Antes, nesta quinta-feira (3), foi ao ar a sua entrevista no ‘Conversa com Bial‘. Ela esteve no programa ao lado de Marta Góes, responsável por escrever sua autobiografia ‘Prólogo, Ato, Epílogo’. Bial, que é seu ex-genro, já que foi casado com Fernanda Torres na década de 80, demonstrou muita naturalidade em sua conversa. Na intimidade, Fernanda falou sobre seu casamento com Fernando Torres: “O Fernando é o responsável pela minha aceitação, na felicidade, diante da minha vocação de atriz. Nunca tive dele nenhum impedimento, nada. Se tinha ciúme, eu não percebia. Se tinha inveja, eu não percebia. Era um companheiro vocacionado, dessa maneira, até mais do que eu”, disse.

Fernanda abriu o coração para Bial, em programa que foi ao ar nesta quinta (3) – Foto: Globo/Fábio Rocha

Sem entrar em detalhes sobre política, a atriz enalteceu a importância do papel do ator no Brasil. Já Bial, encerrou o programa parafraseando Nelson Rodrigues: “O Brasil vai subir no próprio conceito no dia em que entregar a Fernanda Montenegro o país que ela merece”.