Ele canta, dança, produz, atua… Justin Timberlake é um daqueles multiartistas que consegue fixar as atenções com uma simples música. Mas vamos voltar no tempo, quando no auge das boybands no fim dos anos 90 e começo dos 2000 o N’Sync conseguiu o feito de ser nomeado pelo próprio Michael Jackson como “Os Novos Reis do Pop”, inclusive se apresentaram juntos quando o Video Music Awards, da MTV, era um show “assistível”, e olha que a concorrência era acirrada, Backstreet Boys e outros genéricos bombavam nas rádios, mas lá estava o N’Sync figurando no topo. Justin era o protagonista de tudo, os holofotes eram dele.

Então veio o fim da banda, e obviamente o líder ganharia mais espaço no ainda mais concorrido mundo pop solo. Justin Timberlake lançou o primeiro disco, bombou, escancarou uma suposta traição de uma ex-namorada no videoclipe de “Cry Me a River” e virou bad boy do pop adulto. Depois veio o apogeu e uma parceria master com Timbaland. “Sexyback” tocou e causou estranheza (uma ótima estranheza). Ali os críticos se renderam ao artista e o título de “Rei do Pop” era só dele, não existia mais um grupo pra dividir as atenções. Justin era o artilheiro da música, ganhou Grammy e virou símbolo sexual. De repente o cantor virou ator. Colheu louros por participações em filmes de grandes diretores, como David Fincher e Clint Eastwood. E se passaram 7 anos desde o disco FutureSex/LoveSounds… 2013 parece que será dele. Lançou música nova que já figura entre as mais tocadas no mundo inteiro. Alguém tem dúvida? A RádioModa dessa semana é especial sobre Justin. Voltamos ao tempo de N’Sync, passamos por todos os seus hits e chegamos na novidade Suit & Tie. Que tal dar o PLAY agora? Então… Play!

01 – I Want You Back

02 – Tearin’ Up My Heart

03 – Bye Bye Bye

04 – It’s Gonna Be Me

05 – Pop

06 – Gone

07 – Like I Love You

08 – Cry Me a River

09 – Señorita

10 – Rock Your Body

11 – Sexy Back

12 – My Love

13 – LoveStoned

14 – What Goes Around… Comes Around

15 – Suit & Tie