Op Art volta ao centro das atenções | Entenda a proposta

Por Lucas Magno

op-art-site-mt3Os gráficos cheios de ilusão invadiram as páginas das revistas

op-art-site-mt4
Marc Jacobs @Verão 2013

op-art-site-mt2
Revista W

op-art-site-mt5
Colcci @Verão 2014

Você já ouviu falar na Op Art? Obviamente não é coisa nova no mundo artístico, mas, de fato, ganhou novo fôlego na última temporada de Inverno. A manifestação começou a surgir em meados dos anos 1920, mas foi nas décadas de 1950 e 1960 que ganhou notoriedade com os trabalhos de Victor Vasarely. Foi com uma exposição em Paris que o artista deu reputação aos gráficos que enganam os olhos. As formas geométricas – normalmente em preto e branco – são dispostas de forma a criar uma ilusão de ótica no contraste das tonalidades.

Nada mal pra se aplicar na moda, não é mesmo? A gente pode dizer que quem trouxe o desejo Op Art (Optical Art) de volta ao centro das atenções foi Marc Jacobs, com peças icônicas em xadrez. Rapidinho a bíblia da moda W Magazine produziu um editorial homenageando a expressão artística. Olivier Rousteing também fez seu equivalente para a Pierre Balmain.

Aqui no Brasil, também foi fácil encontrar a inspiração Op Art nas araras. Inclusive a Colcci enviou pra gente nessa semana algumas peças da coleção de Verão 2014 com os famigerados desenhos. Só é preciso ter cuidado na hora de usar a proposta pra não acabar com um look exagerado. Use a ilusão de ótica com moderação.

op-art-site-mt
Kendal Jenner @Harper’s Bazaar Arabia

vasarely3381
Uma das obras de Victor Vasarely

Fotos: Reprodução

Por Lucas Magno

Veja também