A Copa do Mundo de 2018 começará no dia 14 de junho, quinta-feira, às 12h (horário de Brasília), com o jogo entre Rússia e Arábia Saudita, no estádio Luzhniki, em Moscou. É a primeira vez que o país sediará o Mundial.

Quando se trata da seleção brasileira, o primeiro jogo do Brasil, contra a Suíça, acontece dia 17 de junho, às 15h. O segundo será dia 22, às 9h da manhã, contra a Costa Rica. E o terceiro jogo da primeira fase, contra a Sérvia, está marcado para o dia 27 de junho, às 15h.

Na contagem regressiva para a Copa, preparamos uma lista com 15 curiosidades sobre a Rússia e tudo que envolve o Mundial.

1) Jogo número 1: a primeira partida da Copa deste ano será entre duas seleções (Rússia e Arábia Saudita) que nunca conquistaram a taça.

2) Quantas seleções? Ao todo, 32 equipes participarão da competição este ano. A Rússia foi automaticamente incluída no grupo por ser o país-sede.

3) Quantos estádios? A Copa da Rússia terá 11 sedes, com 12 estádios, dois deles localizados em Moscou.

4) O maior de todos: o principal palco da Copa do Mundo será o estádio Luzhniki, na capital russa, com capacidade para 81 mil fãs. Ele abrigará a grande final, além do jogo de abertura.

5) Estádio importante: Luzhniki também foi palco da cerimônia de abertura da Olimpíada de 1980. O estádio foi construído na década de 1950, mas passou por uma grande reforma para o Mundial.

6) Você fala russo? Em Moscou, a melhor forma de se locomover é por meio de transporte público. No entanto, é preciso ter jogo de cintura para entender a sinalização devido ao idioma que usa o alfabeto cirílico, de acordo com o blog Dicas de Viagem, da CVC.

7) Clima quente: A primeira coisa que nos vem à cabeça quando pensamos na Rússia é neve e muito frio. No entanto, durante os meses de junho e julho o país estará em pleno verão.

8) É muito longe! Não há opções de voos diretos para Moscou a partir do Brasil, então um voo longo será inevitável, com conexões na Europa ou Estados Unidos. O tempo de viagem fica entre 13h e 16h, em voos com apenas uma parada.

9) Horários completamente diferentes: a Rússia possui, no total, 11 fusos horários diferentes. Caliningrado, está 5 horas à frente do Brasil; Moscou, São Petersburgo, Níjni Novgorod, Kazan, Saransk, Rostov, Sochi e Volgogrado, estão 6 horas à frente. Samara fica 7 horas adiante e Iecaterimburgo, 8 horas.

10) Não precisa se preocupar! A Rússia é um país extremamente seguro para turistas. Segundo o último relatório da ONU para análise de crimes, a Rússia apresenta quase 50% a menos de crimes (roubos, furtos, homicídios e latrocínios) do que o Brasil e quase três vezes menos homicídios que nosso País.

11) Dinheiro é importante: a moeda utilizada na Rússia é o Rublo Russo. Atualmente, R$ 1 equivale a cerca de 17 rublos russos.

12) Símbolo do Mundial: o mascote da Copa do Mundo 2018 será o Zabivaka, um lobo tradicional da região da Sibéria. Ele foi escolhido como símbolo do torneio em uma votação popular, superando um tigre e um gato.

13) Música chiclete? A Fifa lançou no último dia 25 de maio a música oficial da Copa do Mundo de 2018. Composta pelo DJ Diplo, a canção é interpretada pelo ator e rapper americano Will Smith, Nicky Jam e a albanesa Era Istrefi. Os três artistas irão se apresentar na cerimônia de encerramento do Mundial, em Moscou. O clipe ainda não tem previsão para ficar pronto, mas já dá pra escutar a música:

14) Frase oficial: a Fifa também divulgou este mês as frases que serão estampadas por fora dos ônibus oficiais das 32 seleções durante a disputa do Mundial. A escolha foi feita através de uma votação. A seleção brasileira terá a frase “Mais que 5 estrelas, 200 milhões de corações” estampada em seu ônibus.

15) Bruna Marquezine e Neymar: Muito se fala na boa atuação de Neymar no futebol quando ele está perto de sua namorada famosa, a atriz Bruna Marquezine. Por isso, os brasileiros não precisam se preocupar! De acordo com a colunista Patrícia Kogut, Bruna já pediu folga à Rede Globo para assistir a Copa pessoalmente. Atualmente ela está no elenco da novela “Deus salve o rei”.