Apaixonados por viajar, os recém-casados Jamille Duarte e Getúlio Pessoa curtem uma lua de mel de duas semanas na paradisíaca Polinésia Francesa. A viagem ocorre após os noivos selaram a união em cerimônia luxuosa no Colosso Fortaleza, no dia 22 de junho.

>> LEIA TAMBÉM: Romance e belo visual marcaram o casamento de Jamille Duarte e Getúlio Pessoa; confira fotos

Localizada no Oceano Pacífico, a região da Polinésia Francesa abriga cinco arquipélagos que são um verdadeiro paraíso perdido para os casais. Por lá, Jamille e Getúlio seguem um roteiro de paisagens inesquecíveis, nas ilhas de Taiti, Tahaa, Bora Bora e Moorea. Nos dois últimos destinos, eles viajam na companhia de João Paulo e Marília Coelho, irmãos do noivo, e do amigo e fotógrafo paulistano Eduardo Paziam.

“Todos os detalhes da viagem foram planejados para que o sonho fosse inesquecível”, revela Jamille.

A primeira parada do casal foi em Taiti. Com uma das vistas mais incríveis do pôr do sol, a maior ilha da Polinésia Francesa possui área de 1.045 km². O local encanta pelas suas heranças culturais, manifestadas através do artesanato e dos rituais de dança tradicionais da região. O clima tropical encantou o casal, que compartilhou vários cliques no Instagram.

Ver essa foto no Instagram

Hello honeymoon 🌙🍯 #getejam #manavasuiteresorttahiti #tahiti

Uma publicação compartilhada por Jamille Duarte😷👩‍👦🙏🙌🏼💑 (@jamilleduarte) em

Já as águas cristalinas do mar calmo da ilha de Tahaa serviram de inspiração para as aventuras dos apaixonados, que curtiram um passeio romântico de caiaque. “Menos rotina e mais roteiros”, escreveu Jamille no Instagram, ao postar uma foto do momento.

Em Bora Bora, destino preferido de muitos turistas para a lua de mel, o encanto fica por conta dos hotéis luxuosos e os inúmeros resorts. Jamille e Getúlio ficaram hospedados no Resort Le Moana, com vista privilegiada para a imensidão do oceano. Resultado? Imagens de tirar o fôlego!

Por último, o casal aproveita as belezas de Moorea. A estadia por lá teve direito até a passeio de jetski para alimentar tubarões e arraias.

Fotos: Divulgação/Reprodução