Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

[email protected]
Telefone: +55 (85) 3242 0333

SPFW | Qual sua interpretação do desfile de Lino Villaventura?

31 out 2012 | Desfiles

Por Lucas Magno

Lino é bom no que faz, e ponto.

A gente não sabe se o Halloween inspirou Lino Villaventura nessa temporada, mas um clima obscuro, dark e super gótico tomou conta de sua passarela nessa edição da São Paulo Fashion Week. No backstage, o make já dava a pista de que algo medonho surgiria na apresentação, mas de medonho mesmo só os olhos negros e as unhas gigantes (até nos homens), porque as roupas continuam tendo o DNA que a gente conhece. Um trabalho handmade absurdamente primoroso, com todo o cuidado de um artista que usa a moda pra expressar seus desejos, mesmo que eles sejam bem fora do comum (e quem gosta de monotonia, não é mesmo?).

Os vestidos de Lino mantêm o deslumbre do bem. A gente entende que tudo é um show, e o estilista capricha pra que os jornalistas e convidados saiam de lá com a pulga atrás da orelha se perguntando: o que ele queria passar? Bom, a moda é passível de interpretações e nada mais justo que cada um ter a sua.

E o que falar dos meninos? Lino adora preto e continua apostando na cor, principalmente se tratando de Inverno, quando tudo é mais sóbrio. As transparências aparecem aqui e ali, num jogo de mostra e esconde (ora os homens mostram o peitoral, ora se entopem de tecidos tecnológicos). Lino é um artista, controverso, amado, talentosíssimo e sempre consegue causar um burburinho na passarela. E o povo da moda ama.

Por Lucas Magno

Fotos: Divulgação

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE