logo

Netflix lança primeiro reality show brasileiro em março

Por Jacqueline Nóbrega
Netflix lança primeiro reality show brasileiro em março
Antes de ser contratada da Netflix, Giovanna se dedicava apenas ao YouTube e suas redes sociais

A Netflix divulgou um teaser de seu primeiro reality show brasileiro, segunda-feira (27), o “The Circle Brasil“. O programa, que será apresentado por Giovanna Ewbank, já foi gravado e estreia em 11 de março na plataforma de streaming.

A novidade foi revelada durante o festival Tudum, organizado pela Netflix e que acontece em São Paulo até essa terça-feira (28). Durante o festival, Giovanna participou de um painel e adiantou novidades sobre o reality.

LEIA MAIS >> Bruno Gagliasso prepara duas séries para Netflix

Lançamentos da Netflix em fevereiro incluem La La Land, Flashdance e filmes do Studio Ghibli

No “The Circle Brasil”, nove participantes são confinados em um mesmo prédio, mas só podem se comunicar através de uma plataforma, chamada Circle. Para ser usuário da plataforma, eles precisam criar um perfil, baseado na realidade ou não. O prêmio de R$ 300 mil é dado ao participante que se tornar o mais popular.

Giovanna Ewbank participou, segunda (27), do Tudum e falou pela primeira vez do “The Circle Brasil”

“O segredo é conseguir chamar atenção apenas com perfil de rede social. Até mesmo um perfil fake. Quem não for interessante o suficiente é bloqueado e substituído por um novo jogador. No final, quem sobreviver aos bloqueios e for eleito pelos próprios jogadores como mais popular leva o grande prêmio”, explicou Giovanna.

Famosa por seu trabalho como atriz em novelas brasileiras, Giovanna estava longe dos folhetins, se dedicando apenas ao seu canal do YouTube, fenômeno de sucesso entre o público brasileiro, e às suas redes sociais. Apesar de ser anunciada como aquisição da Netflix somente ontem, Giovanna assinou o contrato com a plataforma ainda em 2019, já que em outubro viajou para Manchester, na Inglaterra, onde o reality foi gravado.

Bruno Gagliasso, marido da atriz, também anunciou, em dezembro de 2019, que havia trocado a Globo pelo serviço de streaming.

Veja também