O Governo do Estado do Ceará realizou, sexta-feira (16), a solenidade de abertura da XIII Bienal Internacional do Livro do Ceará, que neste ano tem como tema “A Cidade e os Livros”. O evento, que teve a presença do secretário-chefe da Casa Civil, Élcio Batista, e do secretário estadual de Cultura Fabiano Piúba, ocorreu no Centro de Eventos do Ceará.

A programação da noite incluiu a apresentação de um espetáculo emocionante de sopros com a Orquestra de Bairro Uirapuru, a cantora e pesquisadora da cultura indígena brasileira Marlui Miranda, do grupo Luthieria Catavento, e o coral Tapera Encantada – esses dois últimos grupos da ONG Tapera das Artes.

Espetáculo de sopros marcou abertura da Bienal do Livro do Ceará

A Bienal do Livro acontece no Centro de Eventos de 16 a 25 de agosto, com acesso gratuito. São dez dias de imersão no universo dos livros, com vasta programação de stands, bate-papos, lançamentos e sessões de autógrafos. Entre os autores nacionais confirmados nesta edição, estão Conceição Evaristo, Frei Betto, Lúcia Santaella, Monja Coen, Babi Dewet e Ryane Leão. A nível local, estarão presentes Tércia Montenegro, Nina Rizzi, Gilmar de Carvalho, Talles Azigon, entre outros.

>> LEIA TAMBÉM: Programação completa da Bienal do Livro do Ceará é divulgada; confira

Veja fotos do evento, por Alex Campêlo: