Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Nutricionista ensina 5 receitas caseiras para fortalecer a imunidade

11 jan 2022 | Lifestyle

Por Tainã Maciel

Alguns nutrientes são importantes para uma boa imunidade, ajudando na prevenção e também na defesa do organismo

Para manter o equilíbrio e funcionamento adequado do sistema imune devemos ter uma alimentação equilibrada em energia (calorias) e micronutrientes (Foto: iStock)

O Brasil começou 2022 com um cenário preocupante: surtos da variante ômicron do coronavírus e da influenza A (H3N2). Segundo as projeções feitas pela Universidade de Washington, o país pode chegar a 1 milhão de casos diários de Covid-19 ainda neste mês por conta do avanço da variante. Com o aumento de casos, os cuidados com a saúde devem ser reforçados e podem começar em casa. Em entrevista ao Site MT, a nutricionista Gabriela Castro, pós-graduada em nutrição funcional e fitoterapia, ensina 5 receitas caseiras para fortalecer a imunidade.

LEIA MAIS >> Nutricionista ensina como fazer detox no corpo após as festas de fim de ano

Sesa dobra Centros de Testagem gratuita para Covid-19, com apoio da Fiec

Segundo ela, alguns nutrientes são importantes para uma boa imunidade, ajudando na prevenção e também na defesa do organismo. “Para uma adequada função do sistema imune temos que ter um equilíbrio entre destruir os patógenos invasores e impedir a autodestruição do corpo (como nas doenças auto-imunes). Para manter esse equilíbrio e funcionamento adequado do sistema imune devemos ter uma alimentação equilibrada em energia (calorias) e micronutrientes, além de um adequado estado nutricional que favorece uma melhor defesa imunológica”, afirma.

“Dietas restritivas ou com poucas fontes de vitaminas e minerais, devem ser evitadas, pois, podem favorecer ou aumentar o risco de infecções”,

orienta Gabriela Castro.

Receitas

A nutricionista orienta o passo a passo de receitas simples e caseiras que podem ajudar a aumentar a imunidade:

Shot matinal: 1 colher de chá de gengibre + suco de ½ limão

Shot matinal: 1 colher de chá de cúrcuma + suco de ½ limão + 10 gotas de própolis alcoólico

Suco verde: 2 folhas de couve, suco de 1 limão + suco de 1 laranja ou outra fruta (melão, goiaba, maçã…) + 1 colher de chá de cúrcuma + 1 colher de chá de gengibre. Bata todos os ingredientes no liquidificador.

Um das receitas indicadas é um shot matinal com gengibre e suco de ½ limão (Foto: iStock)

Suco para imunidade: 1 laranja + 4 morangos ou 1 maçã + 2 fatias de gengibre + 1 colher de sobremesa de semente de girassol, ou 1 castanha-do-pará + Água de coco 150ml + Gelo. Bata todos os ingredientes até obter uma mistura homogênea.

Chá para sintomas gripais: faça uma infusão com casca de cebola + 1 dente de alho + suco de limão + raspas da casca do limão a gosto + 1 colher de sobremesa mel de abelha. Ferva a água, depois adicione a água quente em uma caneca, coloque os demais ingredientes e deixe abafado por 5 minutos.

Prevenção X recuperação

De acordo com Gabriela Castro, para a prevenção da gripe é importante um conjunto de fatores, como o estilo de vida saudável. “Quando estamos falando de imunidade que depende de diversos fatores para um bom funcionamento, percebemos que esta é construída por hábitos diários, como praticar atividade física, manter estado nutricional adequado, saúde intestinal, diminuir estresse, melhorar sono e também a alimentação equilibrada em macro e micronutrientes, onde se destaca o ômega 3, vitaminas A, E, C, D, B6, ácido fólico, magnésio, zinco, cobre e selênio”, comenta.

“Os indivíduos que praticam atividades físicas regularmente, tem uma menor incidência de infecções bacterianas e virais. Elas contribuem para manter um estado nutricional adequado em composição corporal”.

“Os indivíduos que praticam atividades físicas regularmente, tem uma menor incidência de infecções bacterianas e virais. Elas contribuem para manter um estado nutricional adequado em composição corporal”.

Já na recuperação de sintomas gripais, alguns alimentos ou mesmo plantas podem favorecer a recuperação, mas o ideal é que as recomendações sejam feitas individualmente, especialmente quando falamos de fitoterápicos, segundo a nutricionista. “Sobre o uso de plantas podemos indicar com segurança o gengibre e o própolis para a grande maioria da população. Nestes dois casos, somente a própolis é contraindicada para crianças menores de 1 ano, além de gestantes e pacientes com problemas hepáticos que devem utilizar o própolis aquoso”, alerta.

Confira uma lista de alimentos que são fontes de vitaminas e minerais e podem auxiliar no bom funcionamento do sistema imune:

Ômega 3 : peixes de água salgada (atum, salmão, cavala, arenque), semente de chia, semente de linhaça.
Vitamina A: fígado de boi, leite, goiaba, ovo de galinha, sardinha.
Vitamina E: semente de abóbora, fígado de boi, salmão, oleaginosas.
Vitamina C: acerola, brócolis, laranja, limão.
Vitamina D: banhos de sol regulares (15 minutos por dia)
Vitamina B6: alho, fígado de boi, banana, abacate, castanha de caju, amendoim, atum.
Ácido Fólico: brócolis, avelã, amendoim, abacate, grão-de-bico, espinafre, beterraba.
Magnésio: folhas verdes escuras, semente de abóbora, nozes, amendoim, semente de girassol, aveia, grão-de-bico.
Zinco: carne vermelha, semente de abóbora, castanha-de-caju, amendoim, lentilha, feijão carioca.
Cobre: castanha-de-caju, semente de girassol, chocolate amargo, lentilha, ervilha, aveia
Selênio: semente de girassol, castanha do Brasil, amêndoa, nozes, salmão.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE