Balenciaga apresenta futuro apocalíptico em desfile na Paris Fashion Week

Por Rosi Melo
Balenciaga apresenta futuro apocalíptico em desfile na Paris Fashion Week
Desfile da grife francesa foi o ponto alto do domingo na Paris Fashion Week. Foto: Reprodução/Instagram

A Paris Fashion Week ainda não superou o impacto atmosférico do desfile de Inverno 2020 da Balenciaga, no último domingo (1), no complexo cinematográfico Cité du Cinema. Sob a direção criativa de Demna Gvasilia, a grife francesa fez o público pensar além da roupa com um desfile apocalíptico sobre as mudanças climáticas.

Para reproduzir sua visão sombria do que poderá ser o mundo em alguns anos, a maison inundou a passarela e as cadeiras da primeira fila com água, em alusão às consequências do aumento do nível do mar no planeta.

LEIA MAIS >> Balenciaga lança moletom e camiseta em prol do combate aos incêndios na Austrália

Conheça Beatriz Guedes, a pesquisadora e ativista cearense da moda sustentável

No teto, uma grande estrutura de led sintetizava o caos provocado pelos quatro elementos da natureza em descompasso. Para completar o cenário de fúria idealizado pelo diretor de arte Nicke Bildstein-Zaar: uma trilha sonora maçante e industrial acompanhou os mais de 100 looks apresentados. Confira:

Novidades da coleção

A simbologia por trás de cada look também impressionou. O desfile começou pesado, com peças em total black, e terminou com um eclipse solar sinistro, passando a ideia de ciclos que se renovam. Vestidos de poás e florais dividiram a passarela com criações dramáticas e monocromáticas, com elementos-chave como ombros gigantes e texturas pontudas, que dão a impressão de proteção e defesa. Teve espaço até para looks esportivos (embora poucos).

Materiais como látex e vinil também se destacaram, oferecendo um aspecto molhado e oleoso para a coleção, que é composta, em grande parte, por peças na cor preta. Para tornar a estética mais gótica, alguns modelos usaram lentes vermelhas e unhas triangulares.

Respingos de água, produzidos pelo atrito entre as peças e o espelho d’água, acompanharam toda a apresentação, causando um efeito dramático à cena. Aliás, a Balenciaga fez questão de devolver toda a água utilizada no desfile para uso na cidade. Já as cadeiras inundadas para a apresentação serão doadas a um centro esportivo infantil, de acordo com a Footwear News.

Fotos: Reprodução/Instagram

Veja também