Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

[email protected]
Telefone: +55 (85) 3242 0333

DFB 2022: confira os destaques do terceiro dia desfiles

27 maio 2022 | Moda

Por Redação

A equipe da Plataforma MT acompanhou de perto dos desfiles do terceiro dia de evento e destacou os melhores momentos da noite

A terceira noite de desfile trouxe desfiles de grandes nomes como Theresa, David Lee e Kallil Nepomuceno (Foto: Eri Nunes)

A terceira noite de desfiles do DFB Festival trouxe desfiles de nomes já consagrados como Theresa Montenegro, Kallil Nepomuceno e David Lee. Com salas lotadas e desfiles muito aguardados, a sexta-feira (27) trouxe muito movimento, cores, brilhos e, principalmente, criatividade, mostrando porque o Ceará é referência na moda nacional. A equipe da Plataforma MT acompanhou os desfiles do segundo dia e apresenta alguns highlights de quem conferiu tudo da primeira fila.

LEIA MAIS >> DFB 2022: confira os desfiles do primeiro dia do evento

DFB 2022: confira os desfiles do segundo dia do evento; veja fotos

Concurso dos Novos

A terceira noite de desfiles começou com o tradicional concurso dos novos, que revela jovens talentos da moda. Na sexta-feira, desfilaram pela passarela coleções criadas por estudantes da FB Uni, Santa Marcelina e Senac Sergipe.

Banana Urbana

Estreando no DFB Festival e marcando o retorno do cocriador do evento, Josenias Junior, a Banana Urbana mostrou que além de sustentável, também sabe ser criativa. A coleção “Banana da Terra” esbanjou brasilidade, tendo o amarelo como cor marcante.

Hand Lace

Com a coleção “Pé no Chão”, a Hand Lace trouxe à passarela roupas inspiradas nos brinquedos das crianças do sertão nordestino, na nuvens do azul céu sertanejo e outros elementos em referência à infância simples da estilista criadora da marca, Edina Moreira, e da irmã, Erika Moreira, em Recanto, distrito do município de Irapuã Pinheiro, localizado no Sertão Central do Ceará.

Filha de um agricultor e de uma empregada doméstica, ela e irmã – hoje, diretora da Hand Lace -, trabalharam na plantação e colheita de algodão, oiticica e arroz, e também na produção de tijolos de barro. Essas vivências foram refletidas nos tons mais naturais como o off-white e o cinza terra seca da paisagem do sertão, presentes na cartela de cores da coleção; bem como as simulações de texturas como a ranhura de vaso de barro trincado. 

David Lee

Um dos mais aguardados da noite, o estilista David Lee fez uma collab de peso com o artista plástico Narcelio Grud. A coleção “Aurora” veio predominantemente em tons quentes como o amarelo e vermelho, com bastante crochê e aplicações de miçangas. Os acessórios cheios de movimento trouxeram um pouco de surrealismo com um quê de Schiaparelli.

David Lee apresentou coleção em parceria com o artista plástico Narcelio Grud (Foto: Eri Nunes)

Theresa Montenegro

Theresa apresentou uma coleção inspirada na mulher contemporânea, que une tecidos nobres e aplicação de bordados, plumas e vidrilhos. A “La Nuit” da estilista trouxe tudo o que esperado em uma noite de luxo: beleza, sofisticação e brilho. Outro ponto de destaque do desfile foi a diversidade de corpos e belezas trazida à passarela, mostrando que todas podem fazer parte da noite de Theresa.

Theresa Montenegro trouxe o luxo da alfaiataria premium para o DFB Festival (Foto: Eri Nunes)

A alfaiataria premium da marca vem ganhando grande projeção nacional, vestindo grandes celebridades, como Bruna Marquezine, Juliette, Rafa Kalimann e Priscilla Alcantara. 

Kallil Nepomuceno

Kallil foi um dos poucos a trazer estampas. As cores e os tecidos leves estiveram presentes em todo o desfile que foi aberto com Dani Gondim. “Sobre um Novo Olhar” mescla referências do street style à alta-costura de festa e traz 30 criações bem interessantes. 

Dani Gondim abriu o desfile (Foto: Eri Nunes)

Olê Rendeiras

A beleza do trabalho manual do projeto Olê Rendeiras encerrou a noite, a iniciativa é uma parceria da Catarina Mina com a Qair Brasil e artesãs da região do Trairi. O desfile trouxe blusas, kimonos, vestidos e outras peças delicadamente feitas em renda de bilro.

Olê Rendeiras (Foto: Eri Nunes)

Criado em 2019, por iniciativa da Qair, empresa de energias renováveis, com empreendimentos no Trairi, o projeto Olê Rendeiras, por meio da Qair convidou a Catarina Mina para desenvolver o projeto junto às bilreiras da região em 2020. O grupo já chegou a apresentação coleção na Semana de Moda de Milão, em 2021. 

Este conteúdo tem o apoio da Universidade de Fortaleza (Unifor). Quem faz moda, faz Unifor.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE