Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

[email protected]
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Kim Kardashian danificou o vestido de Marilyn Monroe? Entenda a polêmica do Met Gala

14 jun 2022 | Moda

Por Redação

De acordo com o colecionador Scott Fortner, após o evento, a peça está com o tecido esgarçado próximo ao zíper e perdeu alguns cristais

Kim Kardashian usando vestido de Marilyn Monroe no Met Gala 2022 (Foto: Reprodução/Instagram)

O vestido icônico de Marilyn Monroe usado por Kim Kardashian no Met Gala 2022 apareceu danificado após o evento, segundo o perfil do Instagram The Marilyn Monroe Collection, página oficial do historiador e colecionador Scott Fortner. De acordo com ele, que publicou registros do vestido na última segunda-feira (13), a peça está com o tecido esgarçado próximo ao zíper, além de ter alguns cristais faltando.

LEIA MAIS >> Paulo André estreia como modelo na SPFW; veja quais famosos desfilaram

Met Gala 2022: veja quais looks não deram certo no evento

O colecionador publicou algumas imagens do icônico vestido antes e depois do Met Gala no Instagram. E postou um vídeo feito em 2016 para rebater críticas de que as fotos atuais estariam em qualidade ruim. “Fizemos tanto para manter a integridade e a preservação do vestido. Valeu a pena?”, questionou a publicação ao citar a empresa Ripley’s Believe It or Not!, dona atual do item.

Vestido icônico de Marilyn Monroe usado por Kim Kardashian no Met Gala 2022 aparece danificado (Foto: Reprodução/Instagram/The Marilyn Monroe Collection)

Medidas de seguranças

Na web, os internautas passaram a criticar a socialite também por conta da situação. Na época do MET Gala 2022, o Ripley’s afirmou que todos os cuidados para preservar a peça rara foram tomados no empréstimo para a empresária que, meses antes do baile, provou uma réplica do vestido icônico e a peça serviu perfeitamente.

Kim Kardashian usando vestido de Marilyn Monroe no Met Gala 2022 (Foto: Reprodução/Instagram)

Porém, na segunda prova, acompanhada por seguranças, o vestido não serviu. Kim, que precisou usar luvas, confessou que “queria chorar porque não podíamos fazer nenhuma alteração”. A solução foi fazer uma dieta rigorosa durante três semanas, que garantiu à Kardashian os 7 quilos a menos necessários para caber na peça, que alguns comentadores na internet chegaram a descrever como um “tesouro nacional”.

Kim Kardashian usando vestido de Marilyn Monroe no Met Gala 2022 (Foto: Reprodução/Instagram)

Na noite do evento, Kim se trocou em um pequeno provador na base dos degraus do evento, onde foi acompanhada por um conservador do Ripley’s. Depois de cruzar o tapete vermelho com a peça original, ela se trocou novamente, dessa vez para uma réplica do vestido, também emprestada pelo museu. “Sou extremamente respeitosa sobre o que o vestido significa para a história americana. Nunca arriscaria danificá-lo”, comentou na época.

Acusações falsas?

De acordo com as informações do Daily Mail, uma fonte próxima a socialite negou as alegações, afirmando que as imagens dissipadas na internet “não são precisas” e que as acusações de que ela teria danificado o vestuário são falsas.

A fonte destacou que o icônico vestido já tinha sinais de desgaste antes da Ripley’s comprá-lo, pois observou que Kim Kardashian só usou o vestido de cristais por menos de 15 minutos enquanto caminhava pelo tapete vermelho. Ainda assim, mais de um mês depois do baile, foram divulgadas imagens mostrando em detalhes os danos causados.

Valor do vestido de Marilyn Monroe

O vestido de cristais foi originalmente usado por Marilyn para cantar Happy Birthday Mr. President ao John F. Kennedy (1917-1963), o então presidente dos Estados Unidos da América, em 1962 – fato que ficou marcado na história. Assista ao vídeo:

Até o Met Gala, a peça estava sendo mantida em um cofre escuro, a 20ºC e com 40-50% de umidade, no Ripley’s Believe It Or Not Museum de Orlando, Flórida. O museu, que faz parte de uma rede, comprou a peça em 2016, no leilão Julien’s Auctions, por 4,8 milhões de dólares, marcando o recorde de vestido mais caro já leiloado no mundo. Antes disso, ele já havia sido leiloado em 1999, pela tradicional Christie’s, por mais de 1 milhão de dólares. Originalmente, Marilyn comprou do estilista Jean-Louis por 1.440 dólares.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE