logo

Semana da Alta-Costura de Paris: veja as coleções das grifes de luxo

Por Redação
Semana da Alta-Costura de Paris: veja as coleções das grifes de luxo
A inspiração da diretora criativa da Christian Dior, Maria Grazia Chiuri, foi o tarô, com o misticismo como tema principal (Foto: Reprodução)

A Semana da Alta-Costura de Paris, um dos eventos mais importantes no calendário da moda, teve início na última segunda-feira (25). Devido à pandemia da Covid-19, os 30 designers oficiais apresentaram as novas coleções em formatos digitais e presenciais.

LEIA MAIS >>> Pimentá lança coleção cápsula ‘Ser Sol’ inspirada no astro rei

Sasha Meneghel estrela campanha da Melissa com peças de material reciclado

Entre os destaques dos quatro dias do evento parisiense, estão as novas coleções Chanel, Dior e Valentino para a temporada primavera/verão 2021, e a estreia de Kim Jones na Fendi, substituto do icônico Karl Lagerfeld, que faleceu em fevereiro de 2019. 

Chanel, Dior, Fendi, Schiaparelli e Valentino. O Site MT reuniu as principais tendências indicadas pelas novas coleções das grifes mais luxuosas do mundo. Confira! 

Chanel

A Chanel trouxe para a nova coleção de alta-costura um estilo mais boêmio e intimista. Virginie Viard, designer da grife, apostou em texturas variadas, babados, tule e volumes, com modelagens que mesclam silhuetas masculinas e femininas. Acessórios como óculos e tiaras complementam as produções. 

Protagonista do segundo dia de desfiles, a Chanel reuniu um pequeno grupo de embaixadoras da grife para o  fashion show, como Penélope Cruz, Marion Cotillard, Lily-Rose Depp, Vanessa Paradis, Joana Preiss e Alma Jodorowsky. 

Dior

A inspiração da diretora criativa da Christian Dior, Maria Grazia Chiuri, foi o tarô, com o misticismo como tema principal. Cetim, mangas bufantes de chiffon, seda drapeada, corpetes compõem a coleção. Além disso, a designer transformou os símbolos dos baralhos em estampas. 

A coleção foi apresentada de forma totalmente digital, através de um fashion film. A história do tarô é contada com inspiração nas cartas Visconti do século 15.

Fendi

A estreia de Kim Jones como diretor criativo da  linha feminina de alta-costura da Fendi foi um dos momentos mais esperados da Semana da Alta-Costura de Paris. A inspiração para a nova coleção veio da literatura da inglesa Virginia Woolf. 

A proposta do estilista era mostrar “roupas de verdade”, para isso, ele apostou em peças estruturadas da alfaiataria masculina, com uma essência feminina. Na passarela, Demi Moore, Bella Hadid, Kate Moss e a filha Lila, Adwoa Aboah, Cara Delevingne e Naomi Campbell.

Schiaparelli

O diretor artístico Schiaparelli, Daniel Roseberry, apresentou uma coleção ousada durante a semana da alta-costura, com um toque surrealista nas peças e com um estilo de uma mulher heroína, ao invés da pegada ultra feminina. 

(Foto: Reprodução)

As paletas de cores escolhidas mesclam entre o preto e branco com tons rosa, azul e dourado. Acessórios como chapéus e joias foram destacados nas produções.

Valentino

A coleção apresentada por Pierpaolo Piccioli apresentou  peças fáceis e funcionais, mas ainda com elegância. O diretor criativo apostou nas texturas e formas para a nova coleção. A paleta de cores escolhida pela Valentino foram dourada, rosa, amarelo, verde e o neon. Além disso, as propostas expostas no desfile são agênero.

Veja também