Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Unifor Moda Integra: conheça os vencedores do Concurso de Imersão Criativa; veja os looks

14 out 2021 | Moda

Por Redação

Myrella Castro (2° lugar), Luan Pimentel (1° lugar) e Keel Amaro (3° lugar) foram os ganhadores do concurso (Foto: Arquivo Pessoal)

Essa notícia vai para quem ama reality shows sobre estilo! Realizado pelo curso de Design de Moda da Universidade de Fortaleza (Unifor), a 15ª edição do festival Unifor Moda Integra (UMI), que aconteceu de 4 a 8 de outubro, lançou um desafio para os alunos: a criação de cinco looks com a temática “Que outras Fortalezas moram em você”. Assim, cada estudante recebeu a mentoria de um professor do curso e pôde expressar o seu potencial criativo no Concurso de Imersão Criativa. O resultado? Looks exclusivos, modernos e relacionados à cidade. A equipe do Site MT conversou com os ganhadores do concurso: Luan Pimentel (1° lugar), Myrella Castro (2° lugar) e Raquel Amaro (3° lugar).

LEIA MAIS >> Evento de moda da Unifor terá Ronaldo Fraga e Laís Trussardi; confira programação completa

As 5 peças de luxo mais cobiçadas da moda em 2021; confira os valores

Importante ressaltar que todos os alunos que participaram dessa imersão se inscreveram por meio de um edital. Para fazer parte do desafio eles tiveram que desenvolver sozinhos um look, um painel de inspiração e um release com a temática do concurso, fazendo uma metáfora com Fortaleza sem deixar de apresentar subjetividades.

Luan Pimentel (1° lugar)

Orientado pela professora Renata Santiago, Luan Pimentel inspirou a sua coleção, “Circus Maximus”, nos espetáculos circenses. “Lembro de um texto que li pela Internet que falava de um equilibrista que, não por descuido, deixava seus pratos caírem e via aquilo que tanto o definiu estilhaçado. No texto ela falava desses pratos como rótulos que esse artista sempre buscou manter, mas uma hora já não conseguiu mais sustentar. Essa metáfora me atravessou de maneira muito pessoal, visto que lidar com rótulos é algo que eu fiz e ainda faço muito. Partindo desse equilibrista eu o inseri na minha própria Fortaleza”, comenta.

Coleção de Luan Pimentel (Foto: Divulgação)

Cada look criado por Luan faz referência a alguma modalidade artística do circo para representar o picadeiro. “Um elemento que agregou muito a coleção foi trazer ela para um ambiente local. Se o meu espetáculo fosse acontecer, qual seria seu palco? Só consegui pensar no Theatro José de Alencar e ele também passou a ser uma inspiração para o desenvolvimento das peças. Me inspirei no contraste de cor da sua fachada interna, nos vitrais e também nas formas que, mesmo feitas com ferro fundido, possuem uma delicadeza enorme”.

Coleção de Luan Pimentel (Foto: Divulgação)

O vencedor ainda revela que aconteceu um movimento de união entre os participantes do desafio. “Myrella Castro, que ganhou o segundo lugar nesse concurso, estava comigo o tempo todo. Temos uma relação de parceria muito forte de maneira que ela sabia de todo o meu conceito e eu do dela, nos ajudamos durante todo o processo e isso foi fundamental, tanto no resultado final quanto na criação em si. Deixou tudo bem mais divertido. Para chegar no resultado final dos cinco looks, gerei opções e desenhei mais ou menos 25 croquis”, diz Luan.

Myrella Castro (2° lugar)

A aluna Myrella Castro, que ficou em 2° lugar no concurso, apresentou a coleção “Mulher Fortaleza”, inspirada na embarcação Mara Hope, que atualmente é atração turística no litoral cearense. Com modelagens oversized, as peças foram idealizadas com bordados manuais e materiais diversos foram somados ao conceito.

Coleção de Myrella Castro (Foto: Divulgação)

“São apresentados tecidos marcantes, criando as mais diferentes camadas de uma fábula sobre autoconhecimento: o vinil, que remete à função primeira do navio petroleiro; a helanca dá a resiliência necessária para encarar o tempo; a sarja traz peso, mas também o frescor da natureza ao qual se está submetido; o musseline de seda traduz o brilho presente do que é ser mulher; e por fim o tule que revive as ondas do mar, cenário primordial para a Mulher Fortaleza”, descreve Myrella.

Raquel Amaro (3° lugar)

Já Raquel Amaro produziu a coleção “Raízes Genealógicas” guiada pela relação da própria família com trabalhos artesanais. “Minha família tem um histórico de tecedor de redes, crocheteiras, artesãs, costureiras e até trabalhos com a fibra da bananeira. Minha ideia era transmitir isso nos meus looks com um conceito mais atual. Fiquei muito feliz em estar entre os finalistas, porque senti que o meu projeto foi reconhecido. Ele me deixou mais apaixonada pelas artesanias e me inspirou a querer trabalhar com roupas e acessórios com a mesma pegada do meu projeto. Quem sabe vocês ainda iram ouvir sobre a marca Keel Amaro?”, comenta a finalista.

Look de Keel Amaro (Foto: Divulgação)
Look de Keel Amaro (Foto: Divulgação)
Look de Keel Amaro (Foto: Divulgação)

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE