Versace não utiliza mais pele de canguru em suas criações

Por Rosi Melo
Versace não utiliza mais pele de canguru em suas criações
Decisão da Versace foi revelada recentemente por ong italiana

Desde 2019, a grife italiana Versace não utiliza mais pele de canguru em suas criações. A novidade foi anunciada no último dia 14, pelo grupo LAV, que defende os direitos dos animais.

LEIA MAIS >> Parceria entre Jennifer Lopez e Versace revisita estampa icônica em nova coleção

“Nós estamos nos correspondendo com a Versace por e-mail e eles confirmaram que pararam de usar pele de canguru em 2019. Os incêndios na Austrália, junto com os massacres contra a espécie, trazem consequências dramáticas contra a população de cangurus”, declarou Simone Pavesi, representante da organização.

De acordo com a LAV, mais de 2,3 milhões de cangurus são mortos na Austrália todos os anos para fins comerciais. A Itália, inclusive, é o país que mais importa pele de canguru no mundo.

Embora a marca não tenha lançado um comunicado oficial sobre a decisão, o banimento acontece quase dois anos após a diretora de criação Donatella Versace declarar que não usaria mais peles de animais nas coleções.

Foto: Divulgação


Veja também