Beatificação de Benigna Cardoso é marcada para o dia 21 de outubro

Por Bruno Brandão
Beatificação de Benigna Cardoso é marcada para o dia 21 de outubro
A menina, que morreu aos 13 anos, é venerada pelos católicos - Foto: Reprodução

O Ceará poderá ter a sua primeira santa. É que foi dado mais um passo para a canonização da menina Benigna Cardoso, de Santana do Cariri, considerada mártir. A Diocese do Cariri informou que ela será beatificada no dia 21 de outubro deste ano. A cerimônia acontecerá na Sé Catedral Nossa Senhora da Penha, presidida pelo cardeal Giovanni Angelo Cardeal Becciu, que irá representar o Papa Francisco. Ela será a primeira beata nascida no Ceará.

LEIA MAIS >> Vaticano autoriza a beatificação da jovem cearense Benigna Cardoso da Silva

Waldonys apresenta acervo artístico; sanfona de Luiz Gonzaga e honraria de Irmã Dulce entre os itens

Conhecida como ‘Heroína da Castidade’, Benigna foi assassinada em 1941, aos 13 anos, a golpes de facas pelo seu vizinho, adolescente que a assediava e tentou forçá-la a ter relações sexuais. O caso aconteceu no distrito de Inhumas, mas é em Santana do Cariri, que todo dia 25 de outubro, a cidade se prepara para receber os romeiros.

As romarias acontecem sempre em Santana do Cariri – Foto: Reprodução

O governador do Ceará, Camilo Santana, comemorou a notícia. “Recebo com alegria mensagem do Arcebispo do Crato, Dom Gilberto, informando a confirmação da data de beatificação da Menina Benigna. Uma notícia que emociona, principalmente, todo o povo católico e da Região do Cariri”, disse.

No caminho da santidade

O processo para tornar Benigna santa foi aberto em 2011, ela já foi considerada ‘serva de Deus’, logo em seguida ‘venerável’ e agora se tornará ‘beata. Esse último é o primeiro passo para a canonização ou santificação.

Veja também