Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

‘Com o avanço da vacinação, vamos voltar ao turismo como antes’, celebra CEO da Wee Travel

11 nov 2021 | Notícias

Por Redação

Natália Abreu falou da abertura de fronteira dos Estados Unidos para brasileiros e quais destinos estão em alta

Natália Abreu foi eleita uma das 100 pessoas mais poderosas do turismo pela Panrotas (Foto: Divulgação)

Desde segunda-feira (8), brasileiros podem voltar a embarcar com destino aos Estados Unidos, após quase dois anos com as fronteiras fechadas. No entanto, devido à pandemia, há uma série de regras que os passageiros devem seguir para conseguirem entrar no país. O principal requisito é estar totalmente vacinado. São aceitas vacinas da Johnson e Johnson, AstraZeneca, Covaxin, Covishield, Moderna, Pfizer-BioNTech, Sinopharm, Sinovac e Novavax, segundo Nátalia Abreu, CEO da Wee Travel e eleita uma das 100 pessoas mais poderosas do turismo em 2021 pela Panrotas, em entrevista ao Site MT. Também é permitida a entrada de pessoas que tenham tomado as duas doses de imunizantes diferentes.

LEIA MAIS >> Emília Buarque promove jantar para João Dória em Fortaleza; veja fotos

Le Salis celebra 10 anos com desfile e lançamento da coleção para festas de fim de ano

“O turismo está reabrindo gradualmente. De uma maneira geral há um otimismo enorme na volta do turismo e na reabertura dos países. Sentimos que com o avanço da vacinação vamos voltar o turismo como antes. Há uma demanda reprimida, as pessoas querem viajar”, acrescentou a executiva.

Ainda sobre os Estados Unidos, Natália reforça que existe a necessidade do preenchimento de um formulário, fazer um teste de covid-19 24 horas antes do embarque e salienta a importância do uso de máscara nos aeroportos e voo.

“As viagens feitas por nós, são com todos os protocolos de segurança indicados por cada país que o cliente deseja viajar. São muitos protocolos, desde testes e formulários diferentes para cada país. No retorno ao Brasil também tem protocolos (como teste RT-PCR emitido nas 72 horas antes da partida, ou um resultado do teste antigênico negativo emitido nas 24 horas anteriores à partida e o formulário que deverá ser preenchido 24 horas antes da chegada em solo brasileiro), então orientamos conforme o destino, desde antes da viagem, durante e depois. No caso dos Estados Unidos ainda temos que checar o passaporte, vistos e demais documentos conforme o perfil do passageiro e do cliente”, diz, reforçando a importância de ter uma agência de viagem auxiliando em todo o procedimento.

Natália também explica que, por enquanto, a entrada nos Estados Unidos está aberta, mas “dependendo do número de casos pode ser que tenha que ser controlado o número de entrada de turistas em solo americano”.

Alta demanda

A CEO da Wee Travel revela que a demanda por viagens está em alta, e os destinos nacionais e os europeus são os mais procurados pelos clientes. “O Brasil continua em alta, com viagens regionais e nacionais, como Ceará, Gramado, Foz do Iguaçu, Minas Gerais e Rio de Janeiro. A procura por cruzeiros está alta, principalmente o cruzeiro Iberostar Grand Amazon, que passeia pelo Rio Negro e Solimões. As viagens internacionais há uma procura principalmente para a Europa. Há também uma busca para lugares de natureza e ao ar livre e eco sustentáveis”.

Natália ainda acrescentou que existem alguns países que não aceitam a entrada de brasileiros, como a Grécia, por exemplo. “Os países estão abrindo gradualmente”, finalizou.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE