logo
X

Como substituir o canudo de plástico por alternativas sustentáveis

Por Jacqueline Nóbrega
Como substituir o canudo de plástico por alternativas sustentáveis
Os canudos de vidro são uma alternativa sustentável aos de plástico Foto: Divulgação

No domingo (31), entrou em vigor a lei que proíbe a venda e o fornecimento de canudos plásticos em Fortaleza. Ela foi sancionada em dezembro de 2019 pelo prefeito Roberto Cláudio, que deu um período para que os estabelecimentos e os consumidores pudessem se adaptar. As punições para quem descumprir a norma, no entanto, ainda serão regulamentadas pela Prefeitura.

Em busca à alternativas ao plástico, o Site MT conversou com a doutora em Desenvolvimento e Meio Ambiente e consultora ambiental Magda Maya, que listou opções sustentáveis, como canudos de inox, vidro e até feito a partir de vegetais.

LEIA MAIS >> Casa Graviola: lanches saudáveis para saborear sem sair de casa

Evento sobre sustentabilidade leva representante da ONU ao Pecém

De acordo com Magda, que também é autora do livro “Sustentabilidade 4.0“, a escolha deve ser feita de acordo com a rotina de cada pessoa e de como o item será utilizado.

Por exemplo, o ideal é que os restaurantes utilizem canudos de aço inox. “O correto é que o canudinho seja visto e utilizado como se usa garfo e faca, que vai ser higienizado e utilizado novamente por outra pessoa. É interessante porque as pessoas ainda não conseguem pensar nisso como alternativa ao canudinho, mas usam talheres que são compartilhados”, salienta.

No caso de fast-food, o ideal seria não usar canudo, beber direto do copo, mas uma alternativa é utilizar os feitos de papel. “A desvantagem do canudo de papel é que ele se desfaz, não pode ficar mais que 20 minutos na agua, suco, refrigerante… Ele é indicado para uso rápido”.

Os canudos de vidro são para aquelas pessoas que gostam de levar o item na bolsa. “São bons para quem gosta de tomar um líquido mais grosso, como milk-shake, porque eles são mais espessos”.

Os canudos de bambu são opções higiênicas e portáteis. Algumas pessoas estranham devido à textura do acessório no contato com a boca. “Mas pra isso já existem as ponteiras de canudinho feitas de silicone”, reforça Magda.

Portátil

A consultora ambiental também explica que já existem canudos de silicone. “As pessoas reclamavam que os de vidro e bambu não eram tão portáteis. Os de silicone você pode andar com eles dobrado. Silicone também é fácil de higienizar“.

Magda Maya é doutora em Desenvolvimento e Meio Ambiente, consultora ambiental e autora do livro “Sustentabilidade 4.0” Foto: Arquivo pessoal

Ela ainda frisa que já existem pesquisas com canudos vegetais, apesar de ainda não ser tão disseminado. “São feitos a partir algumas plantas, com o próprio talo. Eles não têm tanto apelo comercial, por isso é mais difícil de emplacar no mercado”.

Em Fortaleza, é possível comprar os canudos em sites de produtos ecológicos e sustentáveis como Ecobibi e Zero Waste CE.

Veja também