Em coletiva de imprensa realizada na manhã desta quinta-feira (06), o presidente da Unimed Fortaleza, Elias Leite, anunciou um investimento de R$ 145 milhões para a construção de um novo Hospital Materno Infantil.

De acordo com ele, o hospital terá capacidade inicial de 150 leitos e estrutura com Centro Cirúrgico, Centro de Imagem, Laboratório e Emergência. O local escolhido para a construção da unidade de saúde foi o bairro Guararapes. A localização do terreno é entre a Câmara Municipal de Fortaleza e o Centro Universitário 7 de setembro.

“O estudo foi muito favorável que a gente construísse [o hospital] na Zona Sul da cidade. Essa área é muito interessante… De 2010 para 2018, enquanto a população de Fortaleza cresceu em torno de 7,7%, a população dessa área cresceu em torno de 30%. A gente também tem um potencial muito grande de crescimento de carteira”, disse Elias.

Fachada do novo Hospital Materno Infantil da Unimed Fortaleza, previsto para ser entregue em dezembro de 2020

Dentre os números apresentados na coletiva, o hospital irá possibilitar 50% de aumento na quantidade de leitos próprios para a linha de cuidados materno infantil, 100% de aumento na quantidade de leitos próprios para UTI neonatal e 150% de aumento na quantidade de leitos próprios para UTI pediátrica.

Sobre o impacto na cidade, Elias reforçou que a expectativa é que o hospital faça 15 mil atendimentos por mês, sendo 14 mil de emergência e 1 mil internações, e gere, pelo menos, 1.000 novos postos de trabalho.

A área total do terreno é de 7.800m², com área construída de 19 mil m², dos quais 6 mil m² seriam destinados a vagas de estacionamento. A inauguração está prevista para dezembro de 2020.

Após a inauguração da unidade hospitalar, todos os serviços voltados para gestantes e recém-nascidos migrarão para o Hospital Materno Infantil. Na área de pediatria, o hospital contará com atendimento de emergência, internação clínica e cirúrgica, cirurgia ambulatorial e pediátrica e UTI pediátrica e neonatal.

Para o atendimento à saúda da mulher, haverá emergência, internação ginecológica e obstetrícia, UTI Materna, centro obstétrico e parto humanizado. A unidade ainda contará com centro cirúrgico, centro de imagem e laboratório para atender aos dois públicos.

Mais investimentos para 2019

Elias ainda anunciou na coletiva outros investimentos da Unimed Fortaleza para 2019, que totalizam R$ 20 milhões. O primeiro deles é uma Clínica na Aldeota, com área total de 2.030m² e capacidade de 5 mil atendimentos por mês, com previsão de entrega para dezembro deste ano.

Outro Clínica será construída na Oliveira Paiva, com capacidade de atendimento de 9 mil pessoas/mês e com previsão de entrega para março de 2020. Por fim, ele apresentou uma Clínica que será construída na Parangaba, com área total de 2.400m² e previsão de entrega para julho de 2020.