A CowParade Brasil, considerada um dos maiores eventos contemporâneos de exposição de arte a céu aberto do mundo, chega a Fortaleza nesta sexta-feira (dia 9). Em sua décima segunda edição em solo brasileiro, a exposição reúne 55 vacas, em tamanho real e feitas a partir de fibra de vidro, pintadas por artistas locais.

Ao todo, mais de 40 artistas, entre nomes famosos e amadores, foram escolhidos por uma comissão que avaliou critérios como criatividade e ineditismo. Juliana Araripe e Cadeh foram alguns dos artistas escolhidos para pintar as vaquinhas. A lista completa pode ser vista clicando aqui.

Além de expor a beleza e exuberância das obras, a exposição também visa promover a responsabilidade social. Ao final de cada edição, as peças são leiloadas e o valor arrecadado é destinado para instituições beneficentes. No Brasil, o projeto já arrecadou e doou mais de R$ 6 milhões para ações de responsabilidade social. Ao redor do mundo, mais de 10 mil artistas já participaram da CowParade e estima-se que mais de 500 milhões de pessoas tenham visto uma das esculturas. No total, mais de US$ 35 milhões foram levantados para entidades beneficentes através do leilão das peças. 

História de sucesso

A CowParade surgiu em 1998, quando o artista suíço Pascal Knapp criou diversas esculturas em formato de vaca com a intenção de provocar o riso. Em 2000, os direitos das esculturas de Knapp foram comprados pelo americano Jerry Elbaum que fundou a CowParade Holding Inc. Desde então, foram criadas mais de 5 mil esculturas de vacas em todos os continentes.