Os assaltantes mais queridos da Netflix estão de volta. A terceira temporada estreiou no serviço de streaming na madrugada desta sexta-feira (19). O elenco original conta com novos integrantes e, desta vez ,a história gira entorno de mais um assalto. O alvo agora é a Reserva Nacional do Banco da Espanha.

Os personagens que conquistaram milhares de fãs levam nomes de cidades de diversos países do mundo. A agência de turismo KAYAK listou oito destinos inspirados na série, confira.

Tóquio – Japão

Foto: divulgação/Kayak

Urbana e cheia de energia, Tóquio é uma cidade cheia de religiões. Lá estão concentrados os mais importantes templos budistas, sendo o Sensoji o mais antigo e conhecido. As ruelas nostálgicas do Japão são atrações turísticas que encantam a todos. O OK Yokocho – ou OK Alley – é uma rua bastante agitada com cerca de 30 bares e restaurantes que apresentam a cultura japonesa.

No país está localizada a Tokyo Skytree, torre mais alta do mundo, de onde o turista pode observar o horizonte em um ângulo de 360°. Repleta de montanhas, cavernas de calcário, parques e nascentes de água quente, Tóquio também é uma boa opção para quem deseja relaxar.

Berlim – Alemanha

Foto: divulgação/Kayak

Berlim tem uma mistura de atrações para todos os gostos. O Museu Checkpoint Charlie, parte do antigo Muro de Berlim, e o Memorial do Holocausto são perfeitos para que deseja conhecer mais a fundo a história da cidade. O Charlottenburg Palace abriga uma galeria de peças de ouros e de porcelana.

Para quem quer curtir o friozinho europeu, os melhores meses para viajar são entre setembro e dezembro. Mas se você deseja uma viagem mais agitada, a indicação é ir entre junho e agosto, no verão.

Nairóbi – Quênia

Foto: divulgação/Kayak

Reunindo cores, sabores e uma fauna exuberante, o destino é perfeito para quem ama a natureza. Quem visita a cidade não pode deixar de ir ao Parque Nacional de Nairóbi, que abriga zebras, búfalos, leopardos, rinocerontes e diversas outras espécies. Outra opção para quem gosta de animais é o Orfanato de Animais e o Safari Walk, entre outros.

No National Railway Museum, os turistas podem saber um pouco da história das ferrovias do país. Já quem visita Bomas do Quênia, na estrada Lang’ata, pode ter acesso a exposições de casas tradicionais que reúne cultural e tradição.

Rio de Janeiro – Brasil

Foto: divulgação/Kayak

Na série, um dos personagens se chama Rio, em alusão à cidade brasileira. E nada melhor do que conhecer essa cidade espetacular com visão extraordinária da cidade, que só tem no morro do Pão de Açúcar. Para chegar lá, a dica é pegar o bondinho, para já ir admirando a paisagem. No Corcovado está o famoso Cristo Redentor, uma das sete maravilhas do mundo.

Os turistas podem visitar o estádio Maracanã, palco de diversos jogos importantes e o Museu do Amanhã, um amplo espaço de debate e estudo sobre o futuro. E para quem deseja curtir uma praia ou andar pelo calçadão a beira-mar, a praia de Copacabana é uma das melhores opções.

Denver – Estados Unidos

Foto: Divulgação

Denver é o quarto centro mais movimentado dos Estados Unidos. O LoDo Historic District é o bairro mais antigo da cidade e é lar de alguns restaurantes, bares, lojas e boutiques. A estação Denver Union Station Plaza abriga um programa de apicultura urbana, produzindo doces, bebidas e outras guloseimas a partir do mel produzido no local

O Museu de Arte de Denver é composto por dois prédios com arquitetura impressionante, sendo um assinado pelo arquiteto italiano Gio Ponti e o outro por Daniel Libeskind. Quem o visita pode prestigiar uma coleção de arte indígena do mundo e obras de mestres europeus.

Moscou – Rússia

Foto: Divulgação

Uma parada obrigatória na capital da Rússia é um passeio pela Praça Vermelha, onde está localizada a Catedral de São Basílio. Um passeio pelos sete arranha-céus conhecidos como as Sete Irmãs de Stalin não pode faltar. As construções arquitetônicas foram construídas para celebrar a vitória da União Soviética na Segunda Guerra.

Um dos palcos mais sonhados por cantores de ópera e por bailarinos, o Teatro Bolshoi está localizado no coração de Moscou e já recebeu mais de 800 espetáculos. A cidade também é conhecida por seu inverno rigoroso, entre dezembro e março.

Helsinque – Finlândia

Foto: Divulgação

Com belas ilhas e grandes parque verdes, a cidade tem um clima calmo e revigorante. Ótimos restaurantes e agitadas casas noturnas contrastam com áreas verdes que oferece possibilidades para atividades ao ar livre e relaxamento.

No terceiro sábado do mês de maio acontece o Restaurant Day, evento que permite as pessoas montarem seus restaurantes em qualquer local, sendo chef por um dia, garantindo muita diversão e comida.

Oslo – Noruega

Foto: Divulgação

Moda, arte e uma gastronomia moderna transformam Oslo em um lugar cheio de energia. Em 2019 ganhou o prêmio Capital Verde da Europa por sua dedicação a preservação das áreas verdes. Os bairros são bastante acessíveis e é possível transitar a pé ou utilizando o sistema de transporte público.

Durante o inverno, os turistas podem aproveitar para fazer uma patinação no gelo. O Parque de Inverno de Oslo é o maior resort de esqui dentro da cidade e fica a 30 minutos do centro. A floresta de Oslomarka oferece uma imensa rede de trilhas para esqui cross-country.

Foto: Reprodução