Uma equipe de anjos é escalada a cada vez que uma criança precisa de uma nova medula óssea para seguir a vida brincando e feliz. A partir do encontro dessa turma com os pequenos que estão à espera do procedimento, muita história e tantas outras emoções se desenvolvem. Tudo isso é contado em “Esquadrão dos anjos“, primeiro livro infantil brasileiro que aborda o processo de transplante de medula óssea. Escrito a quatro mãos, pela jornalista Nalu Saad e pelo médico Vanderson Rocha, a obra poderá ser conhecida em Fortaleza, no dia 13 de abril (sábado), a partir de 16h, em frente ao Magazine Luiza (piso inferior – L1), no Shopping Iguatemi. O livro com ilustrações de Iara Rachid, pela Páginas Editora, custa R$ 50. Toda a renda obtida com a venda dos exemplares será revertida para pesquisa e apoio a pacientes transplantados.

O livro trata essa delicada questão de forma lúdica e sensível, tornando menos áspera a temática sobre o cotidiano de quem depende do encontro de uma medula para sobreviver. Ainda mais quando são crianças. Por isso mesmo os autores não hesitaram em recorrer a elas para fazer uma obra que as alcançasse. Pequenos pacientes, como a cearense Lia Roma e a mineira Sara Sarradi, recém-transplantada, colaboraram na composição do livro e dos personagens. Algumas crianças deram entrevistas, até mesmo por vídeo, para aproximar a ficção da realidade de quem está nessa espera.

O ator Reynaldo Gianecchini, que já passou por um transplante de medula óssea, assina o prefácio do livro. “Na obra, somos convidados a acompanhar de perto a história dos bravos jovens guerreiros que, cercados de anjos amigos, lutam valentemente pela cura”, escreve o ator.

Além de tocar na importância do transplante de medula óssea para tantas pessoas, os autores também buscam, com “Esquadrão dos anjos”, ajudar as crianças que terão de passar por esse procedimento, que gera muitos desgastes. Assim, Nalu e Vanderson também contaram com o apoio de uma grande equipe de profissionais, entre pediatras, nutricionistas, dentistas, psicólogos e enfermeiros, para mostrar detalhes dos sintomas que se apresentam nos pacientes e do trabalho que esses especialistas fazem a cada novidade que surge.

Vanderson Rocha

Mineiro de Belo Horizonte, é formado em Medicina e Hematologia pela UFMG. Mestre e Doutor pela universidade de Paris. Tem cerca de 300 artigos publicados. Na USP, é Professor Titular e chefe do serviço de Hematologia. É coordenador do setor de Transplante de Medula Óssea do Hospital Sírio Libanês e professor na Universidade Oxford, para onde viaja a cada 2 meses. Entre os pacientes, é conhecido como Dr. Anjo. É a primeira vez que escreve um livro infantil.

Nalu Saad

Jornalista mineira, pós-graduada em Novas Tecnologias da Informação e em Gestão Estratégica da Comunicação, foi fundadora e editora do caderno de Tecnologia do Jornal Hoje em Dia, colunista por 20 anos em TI e atualmente é coordenadora de Rede na Record Minas. Acumula prêmios nacionais no jornalismo investigativo policial e no jornalismo tecnológico. É coautora do livro Tico vai viajar, para ajudar as crianças a passarem tranquilamente pela perda do primeiro dentinho. É mãe de três filhos, que são a maior inspiração para as histórias que escreve.