A Chapada do Araripe, uma das belezas do Ceará, Pernambuco e Piauí, pode se tornar um Patrimônio da Humanidade. O título foi um dos temas do encontro com prefeitos da região do Cariri que contou com a presença do presidente do Sistema Fecomércio-CE, Maurício Filizola e do vice-presidente administrativo da Confederação Nacional do Comércio (CNC) Luiz Gastão Bittencourt, no último sábado (9), em Juazeiro do Norte.

A campanha para a indicação surgiu por meio da Fundação Casa Grande e da Secretaria de Cultura do Ceará. Diversas organizações brasileiras e internacionais aderiram à iniciativa e atestaram a relevância natural, cultural e arqueológica da região.

O vice-presidente administrativo da CNC,Luiz Gastão Bittencourt e Maurício Filizola, presidente do Sistema Fecomércio-CE – (Crédito: Divulgação)

Pela definição da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), “Patrimônio Cultural Imaterial compreende as expressões de vida e tradições que comunidades, grupos e indivíduos em todas as partes do mundo recebem de seus ancestrais e passam a seus descendentes”. Ainda para receber a titularidade, é preciso que os bens culturais forneçam “um testemunho único ou excepcional, sobre uma tradição cultural ou uma civilização”.

De acordo com o consultor de Cultura do Sesc Ceará, Chagas Sales, as ações realizadas ao longo de duas décadas no Cariri têm identificado, promovido e estabelecido laços com as expressões da arte e das manifestações culturais que são símbolos da Região. “A Mostra Sesc de Culturas Cariri é um dos principais fomentadores da cultura, ajudando a reconhecer os mais diversos matizes socioculturais. Por isso, torna-se um espaço fértil para visibilizar o território em sua potência e endossar a campanha de reconhecimento da Chapada do Araripe como Patrimônio Mundial”, diz o consultor.

Mostra Sesc

A ampliação da Mostra Sesc de Culturas também foi discutida no encontro de gestores. Em 2020, o evento chega em mais uma cidade: Ibiapaba. A Mostra Sertão Central, que estreou neste ano, continua na programação.