Conhecer a própria história é de suma importância para uma sociedade consciente. Relembrar as figuras que marcaram momentos do nosso Estado é também um dever dos cidadãos. Pensando nisso o Sistema Fecomércio, por meio do Serviço Social do Comércio do Ceará (Sesc-CE) promove nos dias 14 e 15 de abril uma programação comemorativa dos 180 do Dragão do Mar. Um homem cuja força de liderança foi fundamental para tornar o Ceará a província pioneira a dar fim à escravatura.

Sob a liderança do cearense, Francisco José do Nascimento, também chamado como Chico da Matilde, os trabalhadores do mar paralisaram as atividades em recusa à embarcação de qualquer negro como mercadoria nos navios, fechando o porto de Fortaleza. O movimento abolicionista ganhou força desde então e fez com que um dos líderes, Chico da Matilde, entrasse para a história como Dragão do Mar.

Dragão do Mar

Com o título “Canções de Guerra, quem sabe Canções do Mar”, a programação começa no domingo (14), a partir de 15h, com apresentações de grupos de reisado, coco e toré, além de cortejo dos maracatus. “O Sistema Fecomércio, além de abraçar a memória do povo cearense, está abraçando os artistas da nossa terra. É o povo do Ceará cantando seu próprio herói. São 14 grupos, reunindo cerca de 700 brincantes na avenida, mais quatro baluartes da música e da cultura popular: Calé Alencar, Edmar Gonçalves, Cyda Olímpio e Lorena Nunes”, destaca o instrutor do Senac e consultor do Sesc para projetos especiais, Paulo Leitão. Um belo exemplo de como reunir gerações da música cearense de forma poderosa.

Na segunda-feira (15), data em que marca os exatos 180 anos de nascimento, o Sesc-CE promove também a troca de saberes através do projeto Sesc Conversas Flutuantes, no marco zero de Fortaleza, localizado na Barra do Ceará. O projeto realiza permanentemente a vivência náutica com ações socioeducativas na área do Rio Ceará, incentivando a troca experiências dos convidados. Há mais de 10 anos, a instituição realiza um trabalho sistêmico nos 573 quilômetros do litoral cearense contribuindo para a valorização das tradições.

Foto de abertura: Beatriz Bley

SERVIÇO:
180 ANOS DO DRAGÃO DO MAR
Data: 14/04 (domingo)
Local: Largo Luiz Assunção – Praia de Iracema ao lado do Centro Cultural Belchior
Horário: De 15h às 21h
Programação
15h – Saída dos Jangadeiros
16h – Reisado Nossa Senhora da Saúde
16h30 – Nossa Senhora Aparecida
17h – Toré com Povos Indígenas
17h30 – Coco da Vila
18h – Saída do Cortejo dos Maracatus
19h – Show “Canções de Guerra, quem sabe Canções do Mar”

CONVERSAS FLUTUANTES
Data: 15/04
Local: Centro Cultural Albertus de Sousa – Barra do Ceará
Horário: 8h30 e 14h