Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Cinco curiosidades sobre o aniversariante de 80 anos Ney Matogrosso

1 ago 2021 | Entretenimento

Por Redação

O artista celebra 80 anos neste domingo. (Foto: Divulgação)

Lenda da música brasileira, Ney Matogrosso completa 80 anos neste domingo (1º). O cantor se tornou ícone de liberdade, indo contra todos os estereótipos de sua época e se tornando referência para os atuais artistas LGBTQ+. Para comemorar a nova idade, o ícone nos presentou com o novo disco “Nu com a Minha Música”, e a biografia escrita pelo jornalista Julio Maria, “Ney Matogrosso, a Biografia”. E para celebra-ló, separamos cinco curiosidades sobre a vida e a carreira desse grande artista Confira! 

LEIA MAIS >> Giselle Bezerra, Roberta Brasil, garoto do Pintinho Piu… por onde andam cearenses que bombaram há anos?

Sandy apresentará reality culinário na HBO Max; Paola Carosella está confirmada

Nome artístico

Filho de Antônio Matogrosso Pereira e Beita de Souza Pereira, o pequeno Ney teve uma infância nômade sob a rédea de um pai militar. O nome artístico que adotou mais tarde é uma referência a seu estado de nascimento: Mato Grosso do Sul. Ele nasceu na cidade de Bela Vista, fronteiro com o Paraguai. 

Ney Matogrosso criança. (Foto: Reprodução/Quem)

Muitas carreiras 

Não é à toa que Ney é considerado pela revista Rolling Stone como a terceira maior voz brasileira de todos os tempos e, pela mesma revista, trigésimo primeiro maior artista brasileiro de todos os tempos. No entanto, pouca gente sabe que ele demorou para decidir em qual profissão atuar já que também era ator – chegando, inclusive, a se profissionalizar na área -, e ingressou na Aeronáutica. Indeciso sobre qual carreira seguir, investiu desde a adolescência em shows em bares e cabarés, e mais tarde também trabalhou em um laboratório de anatomia patagônica do Hospital de Base do Distrito Federal. 

Antes de se investir totalmente na carreira musical, Ney chegou a atuar como ator no teatro e teve outros empregos. (Foto: Reprodução/Isto É)

O Kiss copiou os Secos e Molhados? 

Formada no ano de 1970, a banda Secos e Molhados, que reunia os músicos João Ricardo, Ney Matorgrosso e Gérson Conrad, mudou para sempre a cultura brasileira, não apenas pelas icônicas canções e misturas de ritmos e estilos, mas também pelo visual transgressor, marcado, entre outras coisas, pelos rostos completamente maquiados. Três anos depois, em Nova Iorque, surgiu o Kiss, uma das maiores bandas de rock da história. A marca registrada? Os rostos maquiados, que fizeram do Kiss uma das marcas mais reconhecíveis e lucrativas do planeta. Há quem diga que os americanos copiaram os brasileiros. E você, o que acha? 

Os Secos e Molhados. (Foto: Reprodução/Isto É)

Namoro com Cazuza

Ney Matogrosso conheceu Cazuza, o grande frontman do Barão Vermelho, no final dos anos de 1970. Em entrevista à Marília Gabriela, no programa Gabi Quase Proibida, no SBT, Ney confessou que foi a primeira vez que considerou ter um relacionamento profundo com alguém. “Antes dele eu era escravo do sexo. Foi a primeira vez que eu vislumbrei construir uma história com alguém. Romper a divisão entre o sexo e o afeto”, disse. 

Ney Matogrosso e Cazuza. (Foto: Reprodução/Uol)

Instagram

A internet e as redes sociais nos dão acesso a algo muito particular: a vida pessoal dos artistas que gostamos. E quem sabe compartilhar como ninguém o dia a dia é o Ney Matogrosso. Por lá, ele compartilha cliques engraçadíssimos, reflexões profundas, fotos de arquivo e muitas fotos de bichinhos. Quer ver?

Ney pegando um solzinho, temos!

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE