logo
X

Dia Nacional do Livro: Emília Buarque indica dez livros para diversos públicos

Por Redação
Dia Nacional do Livro: Emília Buarque indica dez livros para diversos públicos
No Dia Nacional do Livro, Emília Buarque compartilha dez dicas de leitura incríveis. (Foto: Marilia Camelo)

Emília Buarque, presidente do Grupo de Líderes Empresariais do Ceará (Lide Ceará), ressalta que a leitura e os livros têm papel fundamental na vida dela. “É um exercício e bem querer quase que diário. Leio muito e estudo muito, sem parar, temáticas variadas”, declara. No Dia Nacional do Livro, comemorado nesta quinta-feira (29), Emília compartilha dez dicas incríveis de leitura.

LEIA MAIS >>> Márcia Travessoni lança campanha para criar espaço de leitura em Moitas

Lide retoma atividades presenciais com palestra de Fernando Ulrich

Os livros foram escolhidos com a ideia de influenciar pessoas dos mais diversos estilos, interesses e propriedades. “São livros que falam do momento presente para públicos distintos. Pois sei que a leitura nos permite um universo de possibilidades“, diz.

Dez livros por Emília Buarque:

“Sei que a leitura nos permite um universo de possibilidades”, declara (Foto: Marilia Camelo)

1- Do Nosso Jeito: Mulheres, Liderança E Sucesso, de Maureen Chiquet (2019, Seoman)

“Inspirou mulheres a cultivar uma maneira própria de viver e liderar”, aponta Emília sobre o livro de Maureen Chiquet, em que descreve sua trajetória diferente, de bacharel em Artes com especialização em Literatura para CEO internacional da Chanel.

2- Como as democracias morrem, de Steven Levitsky (2018, Zahar)

“Dois professores de Havard comparam Trump a exemplos históricos de rompimento com a democracia”, conta Emília. O livro faz uma análise crua sobre o fim das democracias em todo o mundo.

3 – Viver Melhor: Reflexões para o Crescimento Pessoal e Profissional, de Marília Fiuza (2019, LCR)

LEIA TAMBÉM >>> “Viver Melhor”, obra de Marília Fiúza, é um verdadeiro exercício de coragem

Marília Fiuza consolidou seu nome e sua trajetória entre as maiores lideranças empresariais do Ceará, por apresenta-se como Executive Coach, com conteúdo e técnicas altamente qualificados e chancelados por Harvard, inclusive”, indica Buarque.

4 – Estética de uma amizade, de Alfredo Volpi e Bruno Giorgi (2019, Edições Pinakotheke)

“Uma obra para se ter em casa. Com capas históricas e conteúdo sólido no universo das artes, esta é mais uma obra incrível que cataloga uma exposição genial de Alfredo Volpi e Bruno Giorgi, grandes amigos”, explica.

5 – The Emperor’s New Road: China and the Project of the Century, de Jonathan E. Hillman (2020, Yale University Press)

“Um livro instigante para quem quer compreender como a China seguirá em seu grande projeto de potência mundial”, descreve Emília.

6 – Vontade Inabalável, de Maria Silvia (2018, Primeira Pessoa)

“Uma liderança feminina incrível, que tive a alegria de receber, inclusive para o lançamento do seu livro no Ceará, da minha amiga Maria Silvia Bastos Marques. Uma mulher como nós, mãe, forte, feminina e líder”, declara. Maria Silvia conta, em autobiografia, sobre a forma de trabalhar e fala abertamente de seus fracassos e vitórias.

7 – Mindshift, de Barbara Oakley (2017, BestSeller)

“Revela como podemos superar esteriótipos e ideias preconcebidas sobre o nosso potencial de aprendizado”, conta Emília sobre o livro de autoajuda, que auxília a desenvolver talentos desconhecidos por si.

8 – Diana, sua verdadeira história em suas próprias palavras, de Andrew Morton (2013, Best Seller )

Biografia da Princesa Diana, o mais próximo de uma autobiografia que a trágica morte de Diana a permitiu escrever.”Esta nova edição conta com prefácio do autor narrando o processo de criação do livro e mostra novamente a Diana real, com infância difícil, traição e outros”, descreve.

9 – O poder da bênção dos pais, de Craig Hill (2015, Udf)

“Aborda a importância da bênção aos filhos. Fonte de ensinamento para as famílias”, conta Buarque.

10 – A garota que lia as estrelas, de Kiran Millwood Hargrave (Jangada, 2016)

“Um livro lindo, que conta a história de uma garota de 13 anos, com algumas adversidades ao longo de sua vida, mas que se mantém fiel aos seus sonhos e ideais. Especialmente para minha filha e para as garotas desta idade”, declara Emília.

Veja também