logo

Museu da Indústria traz exposição que vai contar a história da energia elétrica no Ceará

Por Redação
Museu da Indústria traz exposição que vai contar a história da energia elétrica no Ceará
A mostra tem previsão para este semestre. (Foto: Divulgação)

A fim de apresentar aos visitantes um panorama da relação entre energia e sociedade ao longo do tempo, o Museu da Indústria, apresenta, no primeiro semestre de 2021, uma mostra que contará a história da chegada e do uso da energia elétrica no Ceará. A iniciativa é uma parceria entre o Núcleo de Energia da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (FIEC), o Sindicato das Indústrias de Energia e de Serviços do Setor Elétrico do Estado no Ceará (Sindienergia/CE) e a Enel

LEIA MAIS >> Sobrado Dr. José Lourenço recebe exposição ‘Antessala’, de Sérgio Gurgel

 Unifor realiza curso de Visual Merchandising com Camila Salek

A mostra contará com  três parâmetros transversais: as mudanças nos hábitos e costumes; a evolução e eficiência das matrizes energéticas; e a segurança e importância do uso consciente. Além disso, a exposição pretende estabelecer uma pedagogia por meio de objetos, textos e experimentações, das mais diversas, relacionadas à energia elétrica. 

O edifício do Museu da Indústria, que receberá a exposição, já abrigou a sede da Companhia de Energia Elétrica do Ceará de 1935 até o final da década de 1980.

Visitação guiada online

Além da visitação presencial no Edifício do Museu da Indústria, os interessados em conferir as exposições em cartaz podem acessar as exposições virtualmente, de forma segura, interativa e ao vivo, basta acessar o site oficial do museu, e agendar o melhor dia. É possível ainda escolher visitar os seguintes temas: O edifício do Museu da Indústria e Fortaleza do século XIX; Carnaúba: a árvore da vida e o bioma caatinga; e O papel das artes através das releituras do quadro Monalisa

O museu também está recebendo visitas presenciais com 35% da capacidade. As visitas acontecem de terça a sexta-feira, das 9h às 16h, e aos sábados, das 9h às 13h. É obrigatório o uso de máscara, e as visitas agendadas devem reunir, no máximo, 15 pessoas. agendamentos de visitas deverão ter no máximo 15 pessoas.  

Serviço

Museu da Indústria 

  • Aberto de terça-feira a sexta-feira, de 9h às 16h, aos sábados de 9h às 13h
  • Recebe grupos com até 15 pessoas

Veja também