Viajar de KLM (Koninklijke Luchtvaart Maatschappij), em português Companhia Real de Aviação, é uma experiência que remete ao conforto. Embarquei para Madri, na Espanha, nesta terça-feira (10), onde farei um curso de Comunicação e Jornalismo, um complemento do já realizado em Nova Iorque. Compartilhando um pouco do meu voo com a companhia holandesa começamos pelas poltronas espaçosas. Recebemos uma necessarie belíssima com um design exclusivo. Tamanho os atrativos da tela de bordo que o tempo parece literalmente voar. 

A apresentação dos procedimentos da KLM acontece toda de maneira personalizada. Meu companheiro de viagem e marido, Fernando Travessoni, aproveitou logo para fazer algumas comprinhas online, onde é possível na tela. Uma comodidade sem igual.

Detalhe das boas-vindas aos passageiros

O menu, um diferencial à parte, é assinado pelo chef Rodrigo Oliveira, do Restaurant Mocotó. Fomos recebidos com taças de champagne de boas-vindas, seguidos de diversas opções para o jantar, entre elas, sopa de abóbora para a entrada, risoto com espinafre e contassée de tomate ou tenro de filé à doré com manteigas de ervas finas. Entre as sobremesas, uma deliciosa tortinha de manga e maracujá e torta de coco e creme de ovo. O prato de queijos camembert e brie com nozes também faz parte do menu. O digestivo pode ser acompanhado com um saboroso chocolate da casa KLM. 

O file à doré com legumes divino

Uma experiência tão agradável que deixa o viajante ansioso para desfrutar novamente. 

Os espaços e atendimento da equipe de bordo é um dos diferenciais da KLM