logo

De pai para filhos: Aristófanes Canamary e a família de oftalmologistas

Por Redação
De pai para filhos: Aristófanes Canamary e a família de oftalmologistas
Os médicos Fábio Canamary, Aristófanes Canamary e Aristófanes Canamary Júnior formam uma família de oftalmologistas (Foto: Alex Campêlo)

Os 42 anos de profissão do médico Aristófanes Canamary renderam boas histórias e geraram frutos. Atualmente, na clínica onde trabalha e administra em Fortaleza, ele convive com colegas que carregam seu sobrenome: os oftalmologistas Fábio e Aristófanes Júnior, seus filhos.

De Pai para Filhx é o especial de Dia dos Pais do Site MT que compartilha histórias de legados profissionais que passam de pai para filhxs. A família Canamary foi a terceira entrevistada no especial.

LEIA MAIS >> MT Indica: Jório e Nathália da Escóssia estreiam especial de Dia dos Pais do Site MT

De pai para filha: Silas e Lia de Paula compartilham o amor pela fotografia

Pais de primeira viagem relatam expectativa de comemorar a data pela primeira vez

Da casa para o consultório, Aristófanes fala sobre sua contribuição na formação de profissionais da família. “Eu acho que a melhor maneira de influenciar os filhos foi com o exemplo, satisfação e dedicação com os pacientes que eles também têm”, afirma o pai, que é também presidente da Cooperativa dos Oftalmologistas do Ceará.

“Aprendo com eles que sempre têm algo a acrescentar nos conhecimentos científicos da medicina moderna”,

diz Aristófanes Canamary.
Aristófanes Canamary e o filho Aristófanes Júnior (Foto: Alex Campêlo)

Segundo o médico, o zelo e o amor pelo ato de trabalhar foram herdados por gerações. “Meu pai era advogado e consultor geral do Estado. Ele sempre servia aos outros com prazer e satisfação. Como eu gostava de ler a Bíblia, fui me apaixonando pela oftalmologia devido à história do milagre do cego perto de Jericó. Isso me motivou”, relata.

Fábio Canamary, Aristófanes Canamary e Aristófanes Canamary Júnior (Foto: Alex Campêlo)

Para o caçula Aristófanes Canamary Júnior, o exemplo do pai foi essencial na escolha da profissão. “Desde pequeno sonhava em ser médico. Ter ele nesta área alimentou ainda mais meu sonho. Sem dúvidas, o exemplo dele me influenciou a escolher a mesma profissão com muita naturalidade. Sou grato por tê-lo como inspiração”, conta.

“Ter a oportunidade de acompanhá-lo de perto diariamente, observar todo o conhecimento e ver a paixão que ele tem em exercer a medicina, me fascina”,

declara Aristófanes Canamary Júnior.
(Foto: Alex Campêlo)

Veja também