logo

Décor de Natal: Bia Borba personaliza ornamentação tradicional inspirada na filha

Por Redação
Décor de Natal: Bia Borba personaliza ornamentação tradicional inspirada na filha
Bia Borba, cofundadora e diretora criativa da marca infantil Pippa, é mãe da pequena Cléo (Foto: Camila Lima)

Laços e sinos nas cores dourado e vermelho ornamentam a árvore natalina de Bia Borba, cofundadora e diretora criativa da marca infantil Pippa. Em 2020, a décor idealizada pela empresária é focada nos enfeites tradicionais com exceção de alguns itens inusitados: bolinhas com formato das orelhas do Mickey, personagem favorito da pequena Cléo, filha de Bia.

LEIA MAIS >> Décor de Natal: Liliam e Juliana Fialho resgatam fotos e momentos em família

Décor de Natal: Vivi Almada aposta nos tons vermelho e dourado com muito brilho

“Este será o segundo Natal da minha filha, mas o primeiro que ela vai realmente entender os rituais, como a troca de presentes e a família reunida. Então, fiquei bem animada para montar a árvore com ela”.

Bia e Cléo Borba se divertiram juntas decorando a árvore (Foto: Camila Lima)

Festa dupla

Para Bia, celebrar as datas festivas de dezembro já é tradição da família, mas a época também guarda outro significado especial. “Meu aniversário é no dia 24 de dezembro. Desde pequena, lembro que minha mãe e irmã sempre decoram a casa com elementos desta época, que para mim é a melhor do ano”, afirma.

A empresária Bia Borba celebra nova idade em clima natalino, no dia 24 de dezembro (Foto: Camila Lima)

A empresária ainda descreve o ritual próprio da véspera de Natal. “Na manhã no dia 24 de dezembro já acordo cantando parabéns e partimos para a cozinha fazer as tradicionais rabanadas. Cada membro da família fica responsável por uma etapa do preparo. Ao longo do dia jogamos jogos, escutamos músicas temáticas do Natal, e antes da ceia, sempre rola um karaokê.

Para Bia, as festas de fim de ano também geram momentos de reflexão (Foto: Camila Lima)

Segundo ela, o período também é um momento de reflexão e renovação das energias. “É a época que paro para refletir sobre tudo que vivi durante o ano que passou. Refletir sobre o que aprendi e me preparar para o próximo ano”, diz.

Veja também