logo

Lara Linhares compartilha fotos de viagem a Tulum e destaca belezas do destino

Por Jacqueline Nóbrega
Lara Linhares compartilha fotos de viagem a Tulum e destaca belezas do destino
Lara Linhares aproveitou a viagem para se reconectar a natureza (Foto: Arquivo pessoal)

Lara Linhares embarcou com destino a Tulum, no México, e voltou a Fortaleza encantada com a beleza do lugar. A arquiteta escolheu o hotel Azulik para se hospedar, e o eco-resort foi um dos pontos altos da viagem.

LEIA MAIS >>  Walt Disney World Resort comemora 50 anos em outubro com programação especial

Marília Queiroz abre álbum de viagem em família a Fernando de Noronha

“A arquitetura é toda de madeira, não tem nada de alvenaria. Ele é todo integrado com a natureza, é realmente encantador. E a experiência de se hospedar é muito bacana. Tem um sunset experience que é perfeito, por exemplo. O restaurante [chamado King Toh] também é muito bacana. O quarto é todo ao ar livre, não tem energia elétrica. A noite é tudo a luz de velas. Também não tem chuveiro, o banho é de cuia. Então é uma experiência pra quem ama essa integração com a natureza”, contou ao site MT.

Com os protocolos de segurança e tudo fechando a meia-noite, Lara Linhares aproveitou para curtir o dia em Tulum (Foto: Arquivo pessoal)

No site, o hotel é descrito como um lugar em que “coexistem natureza, arte e sabedoria ancestral“. “Este santuário acolhe todos os que desejam encontrar a paz em um espaço abençoado por um ambiente mágico”, diz a descrição. 

A arquiteta no restaurante Kin Toh (Foto: Arquivo pessoal)

O Azulik tem 48 vilas, todas construídas em harmonia com a natureza e o mar do Caribe.

Protocolos

Lara faz questão de ressaltar que as pessoas em Tulum estão seguindo os protocolos de segurança devido a covid-19. Inclusive, tudo por lá está fechando meia-noite, o que torna o destino ainda mais romântico. “Tulum é muito conhecido pelas festas e hoje elas não estão acontecendo. Com os amigos, dá pra curtir o dia. Então agora, nesse momento, se aproveita mais se a viagem for a dois”, opina.

Para entrar no país, a arquiteta explica que eles só exigem que o turista preencha um formulário. Já no retorno, o Brasil exige o exame PCR feito em até 72 horas antes do embarque. “Lá o clima está bem mais tranquilo, mas as pessoas estão tomando os devidos cuidados. O procedimento lá é parecido com o daqui”. 

“O que mais me encantou lá foi um conjunto de fatores. A vibe das pessoas, a arquitetura, a gastronomia e a paisagem perfeita”, conclui sobre a viagem.

Veja também