Já dizia Platão, “livros dão alma ao universo, asas para a mente, voo para a imaginação, e vida a tudo”. Se na infância, os livros surgem em nossas vidas meio que como uma obrigação no processo de aprender a ler, ao longo da vida eles nos ganham pela sua capacidade de nos transportar para outros universos e realidades.

Nesta terça (23), escolhemos comemorar o Dia Mundial do Livro de uma maneira diferente. A convite do Site MT, o artista plástico Zé Guedes e a educadora Vanessa Queirós selecionaram, cada um, cinco livros marcantes para a trajetória de suas vidas. Confira abaixo:

VANESSA QUEIRÓS (@vanessa_queiros_)

“Os livros variam muito de acordo com o momento que eu vivo, por isso eu gosto muito de diversificar a minha leitura. Para mim, a leitura tem que despertar prazer e leveza”

1. Tempo de Esperas, do Pe. Fábio de Melo

Contando a história de dois personagens, um velho professor que resolveu abandonar todas as glórias da vida acadêmica e um jovem estudante de filosofia, a obra relata a amizade entre eles em meio a uma instigante troca de correspondências.

2. Viver Melhor, de Marília Fiúza

O livro reúne um compilado de artigos escritos pela coach de empresas Marília Fiúza que passeiam por temas como autoconhecimento, espiritualidade e desenvolvimento profissional.

3. Poesia que Transforma, de Braúlio Bessa

Conhecido pelos seus cordéis, Bráulio Bessa escreve uma obra sensível permeada por poemas que se mesclam aos cordéis, criando uma narrativa rica em regionalidade e identidade.

4. A Bíblia da Mulher

Esta versão da Bíblia Sagrada foi preparada para mulheres de diferentes países, faixas etárias e nações que buscam encontrar no livro aconselhamentos espirituais que se adequem às suas rotinas diárias.

5. Em busca de Sentido, de Viktor Frankl

De 1946, a obra retrata as experiências do autor como um detento de um campo de concentração e descreve seu método psicoterapêutico de como encontrar uma razão para viver.

ZÉ GUEDES (@arteguedes)

“São livros que me ajudaram a entender o processo da arte e, como artista, ter conhecimento do processo é vital. Lendo essas cinco obras, as pessoas vão ter uma visão geral do fazer artístico”

1. A História da Arte, de E. G. Gombrich

Considerado o mais célebre livro sobre arte já publicado. Por mais de 50 anos, foi uma introdução inigualável ao tema, abordando desde as primeiras pinturas rupestres até a arte experimental contemporânea.

2. El Arte del siglo XX em Sus Exposiciones, de Anna Maria Guasch

Um estudo sobre a arte no século XX sob a ótica de exposições que marcaram o período.

3. Arte Moderna, de Giulio Carlo Argan

O crítico e ensaísta italiano procura o sentido da arte na sua história, mais do que em faculdades inatas ou em princípios absolutos.

4. Arte Digital, de Wolf Lieser

A obra aborda as diferentes representações da arte do século XXI: a arte digital, seja em impressões, seja na internet.

5. Isso é arte?, de Will Gompertz

Uma viagem original e irreverente através de mais de 150 anos de arte moderna, partindo do impressionismo até os dias atuais.

+ LEIA TAMBÉM: Confira as atrações da Bienal Internacional do Livro do Ceará em 2019