Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Professor se reinventa e cria assessoria online de bike indoor

9 jun 2021 | Lifestyle

Por Jacqueline Nóbrega

Gil Speed aposta trilha sonora animada e faz sucesso com aulas de bike indoor via Zoom (Foto: Arquivo pessoal)

Gil Albuquerque virou um professor disputado na pandemia. Com a crise sanitária, ele se reinventou e passou a dar aulas de bike indoor usando o Zoom, para que os alunos continuassem fazendo o esporte em casa. Nomes como Paty Santiago Rocha, Ingrid Gurgel e Jana Gradvohl estão entre as alunas que marcam presença nas aulas dadas por ele.

LEIA MAIS >> Priscilla Fontes conta como virou educadora parental após ser mãe

Mila Menezes e Leonardo Pereira ‘fogem’ para casar no litoral de SP

Formado em Educação Física, Gil conta que se encontrou no ciclismo quando estagiou no Sesc, em Fortaleza. Ele atua como professor da modalidade desde 2015. Antes da pandemia, era professor da Greenlife e chegava a dar oito aulas diárias da modalidade. “Me deu um bom domínio da área. Era puxado, mas bastante prazeroso, e ainda é. Nada se compara as aulas presenciais, mas veio a pandemia…”, relembra.

Quando as academias da cidade começaram a alugar os equipamentos, que estavam parados nos espaços fechados devido à crise de saúde, Gil passou a fechar parcerias. “O esquema era assim: eu tinha meus alunos que não tinham as bikes, e os donos de academia que tinham as bikes, mas não tinham alunos. Tudo o que fiz foi apresentá-los. Os três primeiros meses foram árduos e arriscados”. No entanto, funcionou e foi além que do ele imaginou. Hoje, além de professor na academia, ele montou uma assessoria online de ciclismo indoor, a GSpeed

Ele é professor da modalidade desde 2015 (Foto: Arquivo pessoal)

As aulas virtuais usam a relação BPM/RPM. “O setlist das músicas que monto se tornam o plano de aula para os alunos. Unindo isso com o monitoramento cardíaco consigo mensurar os níveis de intensidade e objetivos de aula. Ritmo e técnicas de terreno de ciclismo se aliam na aula para deixar o clima de pedal ainda mais prazeroso”. Antes de iniciar nas turmas, os alunos fazem uma entrevista com ele e são orientados para evitar lesão por má postura na bike. As aulas acontecem diariamente, e tudo deu tão certo que os alunos concorrem até a prêmios de patrocinadores da assessoria de Gil. 

Benefícios

Gil reforça os inúmeros benefícios da modalidade, que vão além da estética, desde fortalecimento dos músculos periféricos de joelho e bumbum a aumento do condicionamento cardiorrespiratório, e até diminui as chances de ter doença relacionada ao coração. “Como utilizo o BPM musical e o RPM, além do esforço físico, uso também a mente do atleta para tentar induzi-lo a realizar dois trabalhos em simultâneo: pedalar e acertar o ritmo, unido ao efeito placebo, que é tentar disfarçar o exercício com o prazer de estar numa festa, por exemplo. Às vezes sou mais DJ do que ciclista”, confessa. 

Ele ainda orienta para que quem quer iniciar na bike indoor, é interessante obter um modelo específico da modalidade. O conselho de Gil é alugar por um mês para ver se vai se adaptar. No mercado, os preços variam. “Tem bikes usadas de R$ 1500 até as super tecnológicas de mais de R$ 16 mil. Depende muito do aluno. Já para o aluguel o investimento varia. Em Fortaleza vejo uma faixa de R$ 250 a R$ 600 por mês”. 

Gil ainda diz que se não fosse a bike, ele teria enlouquecido. “Falo isso tanto pelo indoor online quanto pelo ciclismo de rua… Um dos poucos esportes que se sobressaíram nessa pandemia. O online foi uma forma de levar saúde para quem não podia sair de casa. E graças a Deus tudo está dando certo. Amizades foram feitas e pessoas que eram sedentárias porque tinham a desculpa de que a academia é cara e longe foram impactadas com o estilo de vida que pode ser acessível. Está tudo muito tóxico e o ciclismo online está sendo para muitos o oxigênio que eles precisam para sair do sufoco”.

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE