Designer cearense desenvolve peças feitas à mão para nomes como Anitta e Luísa Sonza

Por Jacqueline Nóbrega
Designer cearense desenvolve peças feitas à mão para nomes como Anitta e Luísa Sonza
Apesar da trajetória curta, aos 23 anos Theresa Montenegro se planeja para abrir primeira loja física

A riqueza do trabalho da designer Theresa Montenegro, 23, tem chamado atenção nacionalmente. A cearense já desenvolveu peças para celebrities como Luísa Sonza, Lorena Improta, Bruna Gonçalves, Bianca Andrade, Aline Riscado, Hariany Almeida e Rafa Kalimann.

A trajetória da designer encanta pelo trabalho feito à mão e o cuidado com os detalhes. Criada em Jaguaruana, ela iniciou a carreira trabalhando como modelo ainda na infância. “Mesmo morando lá, eu vinha passar a semana com a minha mãe em Fortaleza para fazer os trabalhos. Daí começou minha paixão pela moda. E na hora de escolher o curso na faculdade, não tive dúvidas”, lembra Theresa.

LEIA MAIS >> Marina Bitu é selecionada em projeto de Ana Isabel Carvalho Pinto e Costanza Pascolato

Conheça Beatriz Guedes, pesquisadora e ativista cearense da moda sustentável

Durante a graduação, ela conta que transitou pelas várias vertentes do universo fashion, até que se identificou com o feito à mão. “Foi quando eu vi que minha paixão era isso. Sempre gostei do personalizado, do diferente. Quero que o handmade personalizado seja o DNA da minha marca”, define Theresa.

“Muitos clientes, quando faço o atendimento, falam da minha idade. E eu acho o máximo, porque a minha idade não diz muito sobre mim, mas, sim, minha dedicação”, atesta a designer.

Criando contatos

Theresa iniciou produzido vestidos de festa focada no público jovem. Partiu também dela a iniciativa de entrar em contato com os stylist de moda das celebridades para oferecer peças, e o trabalho árduo funcionou. A cearense soube manter o relacionamento e criar peças desejos que se tornaram febre.

Luísa Sonza
Isabela Santoni

“A primeira a usar uma peça minha foi a Rafa Kalimann, eu que entrei em contato com a assessoria dela. Tentei três vezes, pra uma vez dar certo. O ‘não’ é sempre uma forma de incentivo até eu conquistar o ‘sim’. No Carnaval de 2019, a assessoria dela me retornou pela primeira vez, e me deram um prazo de dois dias pra enviar a peça. E a partir dela, comecei a ter mais visibilidade. Depois veio a Isabela Santoni, a Lore Improta…”, enumera.

Lore Improta

Para este domingo (15), Theresa recebeu mais um pedido especial: um look para a digital influencer Gessika Kayne, conhecida como GKay, usar no bloquinho da Luísa Sonza, em São Paulo.

Também foi procurada por nomes como Anitta, Anaju Dorigon e Luciana Gimenez para desenvolver peças especiais para o Carnaval 2020. A cearense Edith Gomes também vai usar uma peça desenvolvida por Theresa no período carnavalesco.

Outro marco importante na carreira da designer cearense foi ser procurada pela equipe de figurinistas da Rede Globo. Theresa mandou suas criações para serem usadas pela atriz Maria Andrade, que interpreta a cantora Verena na trama de “Amor de mãe”, novela das 21h da emissora. A cena já foi gravada e deve ir em breve ao ar.

Atuação social

Theresa mantém uma equipe de seis pessoas para ajudá-la na produção das peças. Além disso, conta com 20 bordadeiras que trabalham sob demanda. Com planos de abrir sua primeira loja física no segundo semestre deste ano, ela desenvolve ainda um projeto para capacitar mulheres e terem uma fonte de renda extra.

“São mulheres que devido à maternidade têm que abdicar da vida profissional para se dedicar aos filhos. Estamos treinando uma equipe de mulheres para dar a oportunidade delas voltarem ao mercado. Era um desejo antigo, porque eu venho de lá e sei dessa necessidade”, explica Theresa.

Em Jaguaruana, a designer atua junto da Fundação Onça Preta, que desenvolve trabalho social com os jovens. O projeto recebe retalhos que sobram da produção das peças para que sejam transformados em novas roupas pelas pessoas atendidas na fundação.

A caminho de Beyoncé

Questionada sobre referências, Theresa confessa que ama viajar para se inspirar em outras culturas. Costuma participar de feiras de moda em Shangai, Colômbia, Istambul e Paris. “As viagens são minha principal inspiração. Faço, por ano, de seis a sete viagens internacionais. Em março viajo para Londres para fazer pesquisa de mercado e já planejar minha próxima coleção”. Cheia de planos, além da abertura da loja física, sonha alto: criar uma peça para a cantora Beyoncé. Para ela, o céu é o limite!

Fotos: Eri Nunes

Veja também