As deusas do Olimpo desceram à Terra. Pelo menos essa foi a impressão que a Dolce & Gabbana deixou na plateia durante a apresentação da coleção Alta Moda, sexta (5), nas ruínas do Vale dos Templos em Agrigento, na Sicília. Inspirado na mitologia grega, o desfile de outono/inverno 2019 da grife demorou dois anos para ser preparado na ilha onde Domenico Dolce e Stefano Gabbana nasceram.

O que mais chamou atenção na passarela foi o forte tom dourado das produções. Entre as estampas, destaque para obras de arte de nomes como Jacques-Louis David e Jean Antoine Giroust, que acabaram sendo reproduzidas nas peças. Já as modelagens medievais, com espartilhos metalizados e bordados de pedras preciosas, deram um charme todo especial ao desfile.

Acessórios para cabeça, como tiaras e capacetes de ouro, embelezaram ainda mais o desfile.

A top brasileira Isabeli Fontana esteve entre as modelos do casting. Ela foi responsável por encerrar a apresentação, com um voluptuoso vestido de tons neutros.

>> LEIA TAMBÉM: “Precisamos repensar o que é luxo”, alerta Glória Pires em entrevista exclusiva

Fotos: Divulgação