Márcia Travessoni – Eventos, Lifestyle, Moda, Viagens e mais

Entre em contato conosco!

Anuncie no site

Comercial:

comercial@marciatravessoni.com.br
Telefone: +55 (85) 3242 0333

Redação:

conteudo@marciatravessoni.com.br
conteudo1@marciatravessoni.com.br

Camilo Santana assina memorando de entendimento para instalação da Usina de Itataia

28 set 2020 | Notícias

Por Redação

Em cerimônia transmitida nas plataformas digitais, na tarde desta segunda-feira (28), o  governador do Ceará, Camilo Santana, assinou memorando de entendimento que prevê o retorno da exploração de urânio e fosfato no município de Santa Quitéria, distante 212 quilômetros de Fortaleza, por meio da mina de Itataia. De acordo com Camilo, a exploração da área começará em 2023, caso os prazos sejam cumpridos. 

LEIA MAIS >> Governo do Estado inaugura Casa do Artesão Cearense

Camilo Santana anuncia novos investimentos no Programa Mais Infância Ceará 

Na ocasião, estiveram presentes o governador do Ceará, Camilo Santana; os representantes do consórcio Santa Quitéria, formado pelas Indústrias Nucleares do Brasil (INB) e pela fertilizante Galvani; a secretária adjunta de Geologia, Mineração e Transformação Mineral do Ministério de Minas e Energia, Lília Mascarenhas Sant’Agostino; o presidente do Indústrias Nucleares do Brasil (INB), Carlos Freire Moreira; o secretário do Desenvolvimento Econômico e Trabalho do Estado, Maia Júnior; o prefeito de Santa Quitéria, Tomás Antônio Albuquerque; o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Ceará (Fiec), Ricardo Cavalcante; o presidente da Agência de Desenvolvimento do Estado do Ceará (Adece), Eduardo Neves; e outras autoridades e parlamentares.

(Foto: Reprodução/Twitter)

“Mais empregos para os cearenses. Assinamos agora memorando de entendimento entre o Governo do Estado e o Consórcio Santa Quitéria para instalação da Usina de Itataia. O empreendimento em Santa Quitéria irá gerar cerca de 2.500 postos de trabalho diretos e indiretos. Não temos medido esforços para atrair novos investimentos para o Ceará”, destacou o chefe do Executivo cearense. 

A Usina de Itataia deve receber US$ 400 milhões em investimentos até o início da operação em 2023, gerando, ao todo, 2,5 mil empregos diretos e indiretos. O empreendimento produzirá fosfato uranífero, além de fertilizantes. 

(Foto: Reprodução/Twitter)

Histórico

A mina de urânio e fosfato de Itataia na região de Santa Quitéria ganhou o primeiro capítulo na história econômica do Ceará em 1976 – quando foi descoberta. A exploração da região deveria começar em 2009, com previsão de funcionamento em 2016, contudo o projeto não foi concluído. À época, o empreendimento foi negociado pelo então governador Cid Gomes. 

Já em 2019, o projeto de instalação da usina foi negado pelo Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Renováveis (Ibama), em razão da “inviabilidade ambiental do estudo apresentado”. Durante a solenidade, na tarde de hoje, a secretária adjunta de Geologia, Mineração e Transformação Mineral, do Ministério de Minas e Energia, Lília Mascarenhas Sant’Agostino, frisou que o projeto atual que prevê a exploração da mina foi repaginado em comparação ao que foi recusado pelo Ibama em 2019, pois prevê novos pilares. 

Publicidade

VEJA TAMBÉM

Publicidade

PUBLICIDADE