Cearense ganha festival internacional de design com trabalho sobre Jeri

Por Jacqueline Nóbrega
Cearense ganha festival internacional de design com trabalho sobre Jeri

No início do mês de dezembro, o designer cearense Mateus Montenegro recebeu a notícia de que dois trabalhos dele tinham sido premiados no Worldwide Logo Design Award (WOLDA), festival internacional de design gráfico.

Ele se destacou com medalha de prata na categoria de Redesign com a marca InterBrasil – Administradora de Benefícios de Fortaleza; e o prêmio máximo do festival, o “Best of Show“, com o logotipo criado para a marca da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Turismo e Meio Ambiente (SETMA), de Jijoca de Jericoacoara.

LEIA MAIS >> Cearense Isabela Gaby se destaca como fotógrafa de moda e assina campanha para marcas como PatBo

Maria Eugênia Ventura fala de seu grupo de resgate e defende a adoção responsável de animais

“Fiquei sabendo do WOLDA durante um evento promovido mensalmente pela Associação Ceará Design, o Café com Design, então resolvi fazer a inscrição de dois trabalhos meus”, contou ao Site MT.

Quando foi informado do resultado, Mateus relembra que ficou extasiado, já que ele concorreu com grandes agências do mundo. “Toda essa alegria dá mais força de vontade de continuar trabalhando e vendo que estamos, sim, fazendo um trabalho a nível internacional. O Ceará hoje, com a chancela da Unesco de Cidade Criativa do Design e com a nossa Associação, está crescendo muito e aparecendo para o Brasil e mundo afora”.

Apesar da surpresa em vencer o WOLDA, Mateus já tinha sido agraciado anteriormente com outros prêmios internacionais. “Inscrevi o logotipo da SETMA e fui premiado com o bronze na A’Design Award, que é um prêmio gigantesco que abrange todas as áreas do design. Depois soube do prêmio Lusófonos de Criatividade, em Lisboa. Fiz de novo a inscrição da marca da SETMA. Dessa vez também inscrevi um trabalho que tenho realizado em parceria com uma agência de publicidade em Vitória para um café em Minas Gerais, o Café Tunico, onde desenvolvemos tudo, desde o nome, marca, planejamento estratégico e publicidade. Para eles fizemos um filme para os meios digitais, que foi a segunda peça que inscrevemos no Lusófonos. E mais uma vez dois bronzes“.

20 anos de carreira

O designer é formado, na realidade, em arquitetura e urbanismo pela Universidade Federal do Ceará. No entanto, por influência de um primo, há 20 anos entrou no mercado do design gráfico.

Fez mestrado em design gráfico e editorial em Barcelona, onde morou por quatro anos. Depois retornou ao Brasil e fixou residência em São Paulo. “Foram cinco anos de publicidade em grandes agências, mas o design sempre esteve presente com freelas”.

Logotipo da SETMA recebeu prêmio máximo do WOLDA

Quando retornou a Fortaleza, confessa que foi difícil recomeçar na área do design gráfico. “Principalmente por trabalhar sozinho em um mercado em crise. Mas os trabalhos foram surgindo e para 2020 vem coisa nova por aí”, adianta.

Mercado crescente

Questionado sobre o mercado do design gráfico no Ceará, Mateus é otimista. “Aqui nós temos estúdios e profissionais fantásticos, que não ficam atrás de nenhuma agência ou estúdio nacional e internacional”.

“Eu vejo um mercado que está cada vez mais valorizando o profissional e enxergando o valor que o design tem para as empresas, produtos e negócios. Os empresários estão começando a enxergar que o design não é só uma marca bonita, mas um trabalho que abrange várias áreas e que irá trazer enormes benefícios para as suas empresas e produtos e um maior retorno financeiro, além da fidelização do consumidor”.

O designer ainda incentiva que aqueles que querem iniciar carreira na área estudem muito. “Vale a pena sempre procurar referências em livros e na internet. Eu mesmo estou sempre tentando me atualizar porque vivemos em uma era onde, cada vez mais, as coisas acontecem e passam muito rápido. Busquem estúdios e profissionais que gostem para trabalhar e estagiar, e não tenham medo de botar uma mochila nas costas e irem desbravar esse mundo que vivemos. As experiências de vida são tão importantes quanto a nossa formação. O mundo ao nosso redor tem referências e experiências fantásticas que somam em tudo para nossa vida”.

Para 2020, ele pretende estar cada vez mais presente e atuante na Associação Ceará Design e disseminar essa ideia de que o design é uma peça fundamental para o crescimento e desenvolvimento social e econômico.

Veja também